RHI Magnesita otimista com perspectivas no Brasil

19/12/2023
Executivos destacaram os resultados da RHI Magnesita na América do Sul (SAM) e a expansão dos serviços ofertados

 

O presidente do Conselho de Administração, Herbert Cordt, e o CEO, Stefan Borgas, estiveram no Brasil para acompanhar de perto a produção de soluções refratárias das principais unidades em Contagem (MG) e Brumado (BA). Os dois destacaram os resultados da RHI Magnesita na América do Sul (SAM) e a expansão dos serviços ofertados ao mercado nos últimos anos. “A RHI Magnesita SAM tem contribuído muito para os resultados gerais da companhia, mantendo a nossa excelência global e a atenção às necessidades locais dos nossos clientes. Com a aquisição que fizemos de outras empresas do setor na Europa e Ásia, ampliamos nosso portfólio, que começa a ser ofertado também no mercado sul-americano. Isso torna a RHI Magnesita SAM ainda mais parceira e preparada para oferecer soluções refratárias na região”, afirma o CEO, Stefan Borgas.

Na ocasião, os executivos realizaram reuniões com o presidente da RHI Magnesita para a América do Sul, Wagner Sampaio, com os times da região e líderes de áreas globais, além de visitarem projetos sociais com investimento da empresa nas comunidades anfitriãs. A RHI Magnesita está empenhada em fornecer aos clientes de todo o mundo produtos e serviços com altos padrões de qualidade. Atualmente, são mais de 45 unidades produtivas e de mineração da empresa pelo mundo. “A excelência operacional é a marca da RHI Magnesita. Estamos implementando um programa fundamental para garantir a uniformidade em nossos processos, padrões e parâmetros. Desta forma, o nosso cliente tem a tranquilidade de receber produtos com alto desempenho e de alta qualidade em qualquer lugar do mundo. Além deste programa, outros grandes projetos globais estão sendo implementados para elevar ainda mais o nível dos nossos processos e, assim, oferecermos soluções refratárias sustentáveis e de ponta a ponta para um mercado cada vez mais competitivo.”, explica Sampaio. A unidade de Brumado (BA) deve se manter como a principal planta fornecedora de matéria-prima para a companhia. Em 2024, os esforços estão direcionados para o comissionamento do novo forno rotativo na unidade, além da empresa avaliar a expansão de eletrofusão na região.

Na área de sustentabilidade, os executivos da RHI Magnesita reforçaram a importância da segurança em primeiro lugar. A empresa adota o programa 6S (Segurança + 5S) e reconhece o compromisso dos colaboradores e a dedicação de cada um com o comportamento seguro e o zero acidente no dia a dia. Dr. Cordt e Borgas aproveitaram para se reunir com importantes clientes da RHI Magnesita na América do Sul no segmento de aço que fecharam, recentemente, grandes contratos de longo prazo com a companhia. Os contratos incluem soluções digitais no setor e a parceria para o retorno dos resíduos de refratários para a reciclagem.

Ao longo de 2022, a RHI Magnesita recolheu mais de 40 mil toneladas de resíduos de refratários no Brasil, equivalendo a mais de 32 mil toneladas de gás carbônico (CO2) que deixaram de ser lançadas no meio ambiente. Em Minas Gerais, a companhia mantém uma unidade dedicada à reciclagem de refratários, no município de Coronel Fabriciano, na Região do Vale do Aço.