Faturamento tem queda de 3,7% no semestre

29/07/2022
As exportações renderam US$ 1.025,96 milhões, um crescimento de 20,1% quando comparado a junho de 2021.

Segundo dados divulgados pela Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), o setor registrou faturamento de R$ 26.870 milhões em junho de 2022, uma queda de 1,8% na comparação com o mesmo mês do último ano. A receita líquida interna somou R$ 21.689 milhões no mês, recuo de 2,7% sobre junho de 2021, enquanto o consumo aparente totalizou R$ 31.667 milhões em junho de 2022, ou 6,3% a menos em relação ao mesmo mês do ano passado. 

As exportações renderam US$ 1.025,96 milhões, um crescimento de 20,1% quando comparado a junho de 2021. Já as importações somaram US$ 1.833,86 milhões, um leve aumento de 0,9% sobre junho do último ano. Com isto, o setor fechou o mês com déficit de US$ 807,91 milhões, 16,2% inferior ao registrado um ano antes. A Abimaq registrou 394,772 mil pessoas nos postos de trabalho em junho de 2022, um acréscimo de 5,8% na comparação com junho do ano passado. 

No primeiro semestre de 2022, o faturamento alcançou R$ 150.5 bilhões, um decréscimo de 3,7% sobre o mesmo período de 2021. Já a receita líquida interna e o consumo aparente somaram R$ 121.249 milhões e R$ 187.455 milhões até junho, o que corresponde a quedas de 4,8% e 7,3%, respectivamente. 

As vendas externas alcançaram US$ 5.605,66 milhões, enquanto as importações ficaram em US$ 11.579,83 milhões, o que significa acréscimos de 29,2% e 10,7%, respectivamente, na comparação com os seis meses iniciais de 2021. O setor fechou o primeiro semestre de 2022 com déficit US$ 5.974,16 milhões, 2,4% inferior sobre o mesmo período do último ano. Os postos de empregos somaram 381,166 mil, em média, até junho de 2021, um aumento de 8,4% sobre o mesmo período de 2021.