Presidente do PL punido por danos de mineradora

04/08/2022
Os danos teriam sido provocados enquanto o líder partidário era dono da mineradora VCN Ltda, de extração de água mineral, argila e areia na região. 

O Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP) condenou o presidente do PL, Valdemar da Costa Neto, a indenizar o Estado de São Paulo em aproximadamente R$ 100 mil pela devastação em uma área equivalente a 28 campos de futebol, localizada em Biritiba-Mirim, a 80km da capital paulista. Os danos teriam sido provocados enquanto o líder partidário era dono da mineradora VCN Ltda, que faturou mais de R$ 10 milhões de 2004 a 2008, por meio da extração de água mineral, argila e areia na região. 

Segundo ambientalistas, a área devastada e com terra revirada prejudicou agricultores locais e pode ter contribuído para a poluição das águas do rio Tietê. 

Na condenação, o TJ-SP obrigou a paralisação de todas as atividades de exploração mineral na área objeto da ação, na região de várzea do Tietê, e que Costa Neto fosse obrigado a recuperar o meio ambiente degradado, além do pagamento da indenização.