Santa Quitéria deve gerar 11 mil empregos

13/02/2022
Com investimentos de R$ 2,3 bilhões, projeto do complexo minero industrial irá extrair fosfato e urânio.

O Presidente da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC), Ricardo Cavalcante, recebeu comitiva do Consórcio Santa Quitéria, formado pelas Indústrias Nucleares do Brasil (INB) e Galvani Fertilizantes no último dia 9 de fevereiro. Entre os participantes estavam Carlos Freire Moreira, Presidente da INB, Marcos Stelzer, CEO da Galvani Fertilizantes, e Roseane Medeiros, Vice-Presidente da FIEC e Secretária-Executiva da Indústria da SEDET, Sérgio Araújo, Coordenador da Atração de Empreendimentos Industriais Estruturantes da SEDET, e Ricardo Neves, Diretor de Projetos da Galvani;  Alberto de Castro, Gerente de Projetos da Galvani, Rogério Carvalho, Diretor de Recursos Minerais; e Edmundo Ribeiro, Chefe de Assessoria Corporativa, ambos da INB e José Roberto de Alcântara, Coordenador do Projeto Santa Quitéria.  

Na ocasião, foram debatidas ações estratégicas para o Projeto do complexo minero industrial que irá extrair fosfato e urânio. O Projeto Santa Quitéria irá contribuir com o desenvolvimento regional, com benefícios socioeconômicos, como a criação de empregos, aumento na renda e oportunidades de negócios em toda a região. 

O projeto deve criar mais de 11 mil postos de trabalho diretos e indiretos em Santa Quitéria e receberá investimentos de R$ 2,3 bilhões. O empreendimento integra o Programa de Parceria de Investimento (PPI) do Governo Federal, por estar enquadrado na Política Pró-Minerais Estratégicos, além de ser peça fundamental para o sucesso do Plano Nacional de Fertilizantes e do Plano Nacional de Energia 2050.

O Presidente Ricardo Cavalcante se colocou à disposição do Consórcio, informando que “o papel da FIEC é promover o desenvolvimento industrial do estado e a melhoria na qualidade de vida dos cearenses". Reforçou ainda que projetos como esses trarão grandes benefícios à região. O Presidente da FIEC, Ricardo Cavalcante, ainda recebeu uma medalha comemorativa em alusão a inauguração da 9ª Cascata de Ultracentrífugas, das mãos de Carlos Freire Moreira, Presidente da INB.