Lucro bruto atinge recorde histórico

05/08/2021

A Gerdau obteve Ebitda ajustado (lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) de R$ 5,9 bilhões no segundo trimestre de 2021, um recorde histórico, e uma margem Ebitda ajustada de 30,8%. O resultado reflete a forte demanda por aço em todos os mercados em que a companhia atua, especialmente o desempenho dos setores da construção e industrial na América do Norte e no Brasil. O Ebitda ajustado da Operação de Negócio América do Norte, por exemplo, evoluiu de forma significativa no trimestre, para R$ 1,4 bilhão, atingindo margem Ebitda ajustada de 20,4%.“A Gerdau registrou, no período entre abril e junho, o maior Ebitda ajustado trimestral da série histórica, somando R$ 5,9 bilhões, em virtude do bom desempenho do setor do aço em todos os países em que atuamos e das oportunidades capturadas pelas equipes diante desse cenário. Além disso, destaco que reduzimos nossa dívida bruta em R$ 2 bilhões, para R$ 15,8 bilhões no segundo trimestre, em comparação ao trimestre anterior”, diz Harley Scardoelli, CFO da Gerdau. 

O lucro líquido da Gerdau, ajustado pelos efeitos não recorrentes, somou R$ 3,4 bilhões no segundo trimestre de 2021, outro recorde histórico e resultado dos esforços empreendidos pela Gerdau na criação de valor compartilhado junto aos clientes, em um cenário de alta utilização da capacidade produtiva para atender a um mercado cuja demanda por aço segue em crescimento. A receita líquida alcançou R$ 19,1 bilhões entre abril e junho, com as vendas físicas de aço atingindo 3,2 milhões de toneladas, alta de 36% na comparação anual. “Em relação ao ESG, a Gerdau informa que continua a avançar na busca da autossuficiência energética e na descarbonização da companhia. Um ponto positivo neste sentido foi o anúncio do plano para desenvolvimento de um parque solar no Brasil, que marca a entrada da Gerdau também na geração de energia renovável”, afirma Gustavo Werneck, diretor-presidente da Gerdau.

No segundo trimestre de 2021, a Gerdau investiu R$ 566 milhões em ativo imobilizado (CAPEX) globalmente, contribuindo para investimentos totais na ordem de R$ 1 bilhão no primeiro semestre do ano. A previsão de desembolso de CAPEX para o ano de 2021 representa investimentos da ordem de R$ 3,5 bilhões. As empresas de capital aberto no Brasil – Gerdau S.A. e Metalúrgica Gerdau S.A. – pagarão dividendos trimestrais, respectivamente, nos dias 26 e 27 de agosto de 2021 nos valores de R$ 921 milhões para os acionistas da Gerdau S.A. (R$ 0,54 por ação) e R$ 303 milhões para os acionistas da Metalúrgica Gerdau S.A. (R$ 0,28 por ação), respectivamente. 

Na área de sustentabilidade, a Gerdau assinou um termo de cooperação com a Shell Brasil para o desenvolvimento de um parque fotovoltaico no município de Brasilândia (MG). Com capacidade instalada de 190MW, o parque Aquarii fornecerá parte da energia limpa para as unidades de produção de aço da Gerdau e outra parte para ser comercializada no mercado livre por meio da comercializadora de energia da Shell, a partir de 2024.  A joint venture terá participação igualitária das duas empresas e faz parte da estratégia de transição energética e descarbonização da empresa.

Tags