Guidance de 2022 é revisto para baixo

29/07/2022
O guidance para cobre, que inicialmente era entre 258 mil toneladas e 282 mil toneladas passou para em torno de 250 mil a 274 mil toneladas.

A Lundin Mining Corporation registrou prejuízo líquido atribuível aos acionistas de US$ 52,6 milhões (US$ 0,07) por ação) no segundo trimestre de 2022 e lucro de US$ 292,5 milhões (US$ 0,39 por ação) no primeiro semestre do ano corrente. O prejuízo ajustado foi de US$ 35,3 milhões (US$ 0,05 por ação) no trimestre e o lucro ajustado foi de US$ 260,3 milhões (US$ 0,35 por ação) para os seis meses encerrados em 30 de junho de 2022. O EBITDA ajustado para os três e seis meses encerrados em 30 de junho de 2022 foram de US$ 148,6 milhões e US$ 736,4 milhões, respectivamente. "Apesar das condições inflacionárias desafiadoras no segundo trimestre, a Lundin Mining gerou mais de US$ 365 milhões de caixa de atividades operacionais e US$ 215 milhões de fluxo de caixa livre. Nosso balanço patrimonial continua muito forte, com US$ 470 milhões em caixa líquido e liquidez total de aproximadamente US$ 2,3 bilhões no final do trimestre", comentou Peter Rockandel, Presidente e CEO. 

A Lundin Mining continua com bons resultados nas operações de Candelaria, Eagle e Zinkgruvan, todas no caminho certo para atingir o guidance de produção anual. “Revisamos o guidance de produção para Chapada, devido aos impactos do início muito úmido do ano, e para o projeto de zinco Neves-Corvo à medida que avançamos o empreendimento para a capacidade total”. Peter Rockandel disse ainda que a descoberta de Saúva, em Chapada, continua a apresentar resultados impressionantes, expandindo a pegada mineralizada novamente neste trimestre. “Estamos entusiasmados por agora ter o Projeto Josemaria sob a administração da Lundin Mining e estamos avançando no projeto de maneira deliberada e disciplinada”. 

A produção de cobre e zinco durante o trimestre atual foi maior do que no trimestre do ano anterior. O custo de produção e o custo caixa foram maiores neste trimestre do que no mesmo trimestre do ano anterior, principalmente devido aos impactos inflacionários nos consumíveis, notadamente diesel e eletricidade, bem como os custos com empreiteiros e manutenção.

A mina Chapada produziu 10.345 toneladas de cobre e aproximadamente 16.000 onças de ouro em concentrado no segundo trimestre. A produção de cobre e ouro ficou abaixo do mesmo trimestre do ano anterior, principalmente devido aos tipos de minério processados que impactam o rendimento e as recuperações de metal. Os custos de produção foram maiores devido aos maiores custos de consumíveis. O custo caixa do cobre de US$ 2,98/lb para o trimestre foi maior do que no trimestre do ano anterior devido principalmente aos custos de mineração mais altos devido às pressões inflacionárias, bem como aos menores volumes de vendas.

O guidance para cobre, que inicialmente era entre 258 mil toneladas e 282 mil toneladas passou para em torno de 250 mil a 274 mil toneladas. A produção de zinco caiu de 188 mil toneladas a 203 mil toneladas para 168 mil toneladas a 183 mil toneladas, enquanto a revisão para a produção aurífera, passou de 153 a 163 onças para 145 a 155 onças do metal.