Mercado de metais deve ser impulsionado

09/10/2021

Os veículos elétricos (EVs) estão crescendo em popularidade graças a uma maior consciência ambiental, acessibilidade crescente e infraestrutura em constante melhoria. A demanda da indústria de EV por metais importantes está em uma trajetória ascendente rápida e é apoiada pelo reconhecimento de que a vontade social, política e econômica por trás dessa transição é real. 

Muitos governos se comprometeram a apoiar e promover a produção e aceitação de EVs em uma tentativa de diminuir a dependência de seus países dos combustíveis fósseis. A China, por exemplo, tem uma meta de 20% das vendas de carros novos elétricos até 2025; o governo do Reino Unido ambiciona que pelo menos 50% das vendas de carros novos sejam veículos com emissões ultrabaixas até 2030; enquanto o governo dos EUA prometeu um investimento de US$ 174 bilhões em sua indústria de EV nos próximos anos.

A maioria dos fabricantes automotivos planeja se tornar totalmente elétrico em 2050 e as vendas totais de veículos EV de passageiros, incluindo veículos elétricos híbridos, aumentaram em mais de 24% no ano passado. De acordo com alguns especialistas, os EVs representarão mais da metade de todas as vendas de veículos de passageiros até 2040.

A tecnologia da bateria está evoluindo e em cada bateria há uma mistura complexa e variada de metais - principalmente cobalto, lítio e níquel atualmente. A maioria dos EVs à venda hoje usa arquitetura de bateria fundamentalmente semelhante: centenas de células de bateria individuais embaladas em módulos ou compartimentos que, juntos, formam a bateria EV. Existem dois tipos principais de bateria comumente em uso: baterias de fosfato de ferro-lítio e baterias à base de níquel. Dada a escala necessária para eletrificar a indústria automotiva e de transporte global, não é difícil ver por que a demanda por esses metais deve crescer tão rapidamente. Além disso, as baterias precisam ter alta densidade de energia, recarregar rapidamente e reter sua densidade de energia ao longo de muitos milhares de ciclos de carga - ao mesmo tempo em que são transportadas por estradas de todos os tipos.

Claro, os materiais da bateria são apenas uma parte da revolução EV. Quase todo metal industrial que se possa imaginar é usado pela cadeia de suprimentos de EV de alguma forma. O alumínio é amplamente utilizado por empresas automotivas para “leveza” - isto é, reduzir o peso da carroceria e do chassi para compensar o peso da bateria e aumentar o desempenho e o alcance. O cobre é essencial para fiação e eletrônicos; significativamente mais cobre é necessário para construir um EV do que um veículo com motor de combustão interna convencional, com até uma milha de fiação necessária! O estanho sempre foi usado para solda, mas a grande quantidade de eletrônicos em um EV significa que a demanda por esse metal provavelmente aumentará. O desenvolvimento de formas mais leves de aço significa que ele está cada vez mais competindo com o alumínio para uso na construção de EV no chassi e no quadro de segurança, devido à sua resistência e durabilidade.

O crescimento do setor de EV também está intrinsecamente ligado à expansão da geração de energia renovável e armazenamento de energia; um não pode crescer sem os outros. O cobre é fundamental para os sistemas de energia renovável - solar, eólica, hídrica e térmica - na geração, armazenamento e distribuição dessa energia. O desenvolvimento de fontes renováveis ​​de energia, como parques eólicos, vai impulsionar a demanda por placas de aço e aço para construção.

A pesquisa atual está se concentrando no potencial do zinco para uso como um material de bateria para armazenamento de energia para estações de carregamento e a implantação de grandes baterias estacionárias de chumbo-ácido está sendo investigada para fornecer resiliência e estabilidade às redes inteligentes.

A London Metal Exchange é um vibrante mercado de futuros e opções que oferece descoberta de preços e a oportunidade de cobrir riscos reais. A descoberta de preços é uma das funções mais importantes da LME, e seus profundos níveis de liquidez e vínculos estreitos com a indústria garantem que a LME seja o local de formação de preços de fato para muitos metais básicos. Os preços descobertos nos mercados da LME são usados como referência global e como base para a negociação física, bem como na avaliação de carteiras, em índices de commodities e para fundos negociados em bolsa. Os contratos da LME oferecem estruturas de datas de liquidação exclusivas, projetadas para atender às necessidades do mercado físico. Eles refletem a natureza e o momento dos negócios de metal negociados bilateralmente entre os mineiros e refinadores, produtores e consumidores, compradores e vendedores dos metais e materiais de bateria usados em todo o processo de produção de EVs. É certo que a revolução EV é a chave para um futuro mais sustentável e a LME está aqui para ajudar a impulsionar a transição. (Fonte: LME)