Custos operacionais mais elevados impactam resultados

17/05/2024
As receitas por libra vendida chegaram a US$ 6,91 no primeiro trimestre de 2024 vs. US$ 9,14 no primeiro trimestre de 2023

 

A Largo Inc. obteve receitas de US$ 42,2 milhões no primeiro trimestre de 2024 vs. 57,4 milhões no primeiro trimestre de 2023. A queda é explicada por uma diminuição significativa nos preços do vanádio. As receitas por libra vendida chegaram a US$ 6,91 no primeiro trimestre de 2024 vs. US$ 9,14 no primeiro trimestre de 2023. Os custos operacionais foram de US$ 49,7 milhões no primeiro trimestre de 2024 versus US$ 45,9 milhões no primeiro trimestre de 2023. Os custos operacionais mais elevados estão amplamente associados ao período de manutenção estendido no primeiro trimestre de 2024 e incluíram uma redução de US$ 4,5 milhões nos produtos de vanádio produzidos.

A Largo contabilizou prejuízo líquido de US$ 13,0 milhões no primeiro trimestre de 2024, que incluiu US$ 4,4 milhões em itens não recorrentes versus um prejuízo líquido de US$ 1,2 milhão no primeiro trimestre de 2023, que incluiu US$ 0,1 milhão em itens não recorrentes, com perda básica por ação de US$ 0,20 no primeiro trimestre de 2024 versus US$ 0,02 no primeiro trimestre de 2023. O saldo de caixa da empresa somou US$ 45,7 milhões, superávit de capital de giro líquido de US$ 70,8 milhões e dívida de US$ 75,0 milhões saindo do primeiro trimestre de 2024. As vendas equivalentes de V2O5 alcançaram 2.765 toneladas (incluindo 156 toneladas de material adquirido) no primeiro trimestre de 2024 vs. 2.849 toneladas equivalentes vendidas (incluindo 245 toneladas de material adquirido) no primeiro trimestre de 2023, enquanto a produção de V2O5 atingiu 1.729 toneladas (3,8 milhões de lbs) no primeiro trimestre de 2024 vs. 2.111 toneladas produzidas no primeiro trimestre de 2023; A produção mais baixa no primeiro trimestre de 2024 era esperada e é em grande parte atribuível à conclusão da substituição planejada de refratários do forno da empresa e outras atividades de manutenção da planta durante o trimestre.

A Largo produziu 9.563 toneladas de concentrado de ilmenita no primeiro trimestre de 2024, um aumento de 7% em relação ao quarto trimestre de 2023, e vendeu 513 toneladas de concentrado de ilmenita no primeiro trimestre de 2024. As vendas de ilmenita ficaram abaixo da orientação do primeiro trimestre de 2024 devido a atrasos operacionais e administrativos. Devido às condições adversas nas indústrias siderúrgicas chinesa e europeia, a procura spot para o primeiro trimestre de 2024 continuou fraca, mas a forte procura aeroespacial continuou. A expectativa da Largo é de que os próximos trimestres registrem um aumento na procura de armazenamento de energia, especificamente na China.

O preço médio de referência por libra de V2O5 na Europa foi de US$ 6,44 no primeiro trimestre de 2024, uma redução de 38% em relação à média de US$ 10,39 observada no primeiro trimestre de 2023. O preço médio de referência por kg de ferrovanádio na Europa foi de US$ 27,96 no primeiro trimestre de 2024, uma redução de 30% da média de US$ 39,46 vista no primeiro trimestre de 2023. O preço médio de referência por libra de V2O5 na Europa em 10 de maio de 2024 era de US$ 5,87. “Tendo enfrentado desafios no primeiro trimestre, como um período de manutenção prolongado que levou ao aumento dos custos e um declínio acentuado nos preços do vanádio, nosso foco permanece na restauração da lucratividade. Continuamos a obter poupanças de custos na nossa divisão de energia limpa neste trimestre como resultado do início do nosso processo de revisão estratégica, e as negociações com a Stryten Energy LLC continuam em curso”, disse Daniel Tellechea, CEO interino e Diretor da Largo. O executivo comentou ainda que, embora a empresa enfrente custos elevados no primeiro semestre do ano, a projeção é de melhorias na segunda metade de 2024, à medida que todos os efeitos das iniciativas de produtividade e medidas de redução de custos anunciadas anteriormente pela Largo se materializarem na Mina Maracás Menchen.

Direto da Fonte