Dois acordos de pré-pagamento de US$ 25 milhões

21/09/2021

A Great Panther Mining Limited fechou acordo de pré-pagamento de ouro doré (não refinado) no valor de US$ 20 milhões com a Asahi Refining Canada Ltd., uma subsidiária integral da Asahi Holdings, Inc., bem como um acordo de pré-pagamento de concentrado de chumbo de US$ 5 milhões com a Samsung C&T UK Ltd., uma subsidiária integral da Samsung C&T Corporation. "As novas linhas de crédito contribuem com US$ 25 milhões adicionais em financiamento de capital de giro, proporcionando-nos maior solidez financeira e flexibilidade para executar nossos objetivos de reposição de recursos, prolongamento da vida útil da mina e desbloqueio do potencial regional da mina de ouro de Tucano", afirmou Sandra Daycock, Diretora Financeira da Great Panther. "Agradecemos aos nossos credores por seu apoio contínuo e endosso do potencial de longo prazo de nossos ativos."

Rob Henderson, presidente e CEO da Great Panther, disse que os acordos com a Asahi e a Samsung solidificam ainda mais as parcerias. “Nosso objetivo é fazer a empresa crescer com foco na segurança, sustentabilidade e produzindo ouro e prata de forma lucrativa para o benefício de todos os nossos acionistas. Este ano teve seus desafios. No entanto, continuamos comprometidos em gerar valor compartilhado por meio de nossas operações e essas novas linhas de financiamento são uma prova do apoio e da crença de nossos credores nesta missão”. 

Nos termos do acordo, a Asahi vai adiantar um pré-pagamento de US$ 20 milhões para a Great Panther em troca do valor equivalente em ouro a ser entregue ao longo de um período de 12 meses em parcelas de igual valor a partir de abril de 2022. A pré-venda de ouro terá 0,5% de desconto sobre o preço à vista do ouro no momento da entrega e o valor será usado para compensar os reembolsos do adiantamento da Asahi, que terá juros a uma taxa anual de USD LIBOR de 1 mês mais 4,75% e está garantido por penhor de todas as participações na subsidiária brasileira da Great Panther, Mina Tucano Ltda, que possui a mina de ouro de Tucano. A Great Panther tem uma opção completa de reembolso antecipado do adiantamento da, sujeito a uma multa de 3% aplicada ao saldo devedor no momento do reembolso. Também está prevista exclusividade no refino e venda de ouro para 100% da produção remanescente da Mina de Ouro de Tucano durante a vigência do acordo.

Já o acordo com a Samsung prevê um pré-pagamento de US$ 5 milhões para a subsidiária mexicana da Great Panther, Minera Mexicana El Rosario S.A. de C.V. (MMR) em troca da retirada exclusiva da produção de concentrado de chumbo da Mina de Topia até uma quantidade máxima de contrato de 5.400 DMT, representando aproximadamente 21 meses de produção da mina. O Acordo de concentrado de chumbo também dá à Samsung o direito de primeira oferta em 12 meses adicionais de concentrado. O adiantamento da Samsung tem um prazo de 18 meses e será pago em parcelas mensais iguais a partir de abril de 2022. Terá juros a uma taxa anual de USD LIBOR de 3 meses mais 6,5% e será garantido por penhor de todas as participações societárias na MMR.