Samarco adota robô em secagem de minério

20/07/2022
A concepção, o projeto e a programação do robô foram realizadas pela Samarco, em parceria com a empresa Robotics.

A Samarco adotou um robô para medição de umidade de finos de minério de ferro durante o processo de pelotização a partir de junho deste ano. O equipamento está instalado na saída de filtragem que abastece a usina 4 do Complexo de Ubu, em Anchieta (ES). 

A automatização deu maior agilidade e eficiência ao processo de medição de umidade e conseguiu reduzir o tempo de entrega do resultado para a sala de controle em uma hora e trinta minutos. O procedimento anterior era realizado manualmente no laboratório e demandava duas horas. Agora a entrega do resultado ocorre em 30 minutos. “O robô coleta a amostra de finos de minério de ferro – o pellet feed - faz pesagem do material úmido, e leva a amostra ao secador infravermelho. Ao final da secagem, o robô busca a amostra e a coloca na balança para uma nova pesagem, agora do peso seco. Então o sistema de controle da usina, que faz a orquestração de todos os equipamentos da célula robótica, calcula a umidade conforme a diferença de peso”, explicou o engenheiro de automação, Luciano Rocha. 

Entre os principais benefícios oferecidos pelo robô adotado pela Samarco estão uma maior repetitividade e máxima reprodutibilidade dos resultados de umidade, uma vez que a influência de diferentes operadores é nula. A medição é mais veloz e ajuda a equipe da Sala de Controle da Filtragem a compreender melhor o andamento do processo e ajustar seus parâmetros para produzir com a qualidade conforme a meta. O robô gerou maiores informações para o sistema de controle avançado nessa etapa do processo de produção de pelotas em Ubu. A concepção, o projeto e a programação do robô foram realizadas pela Samarco, em parceria com a empresa Robotics, que fabricou e montou o sistema.