Porto é licenciado para operar com minério de ferro

09/07/2021

A Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) concedeu licença definitiva de operação ao Complexo naval, industrial e logístico Enseada, localizado em Maragojipe, no Recôncavo Baiano. A licença tem validade de 25 anos e prevê que o Enseada armazene e movimente granéis minerais (minério de ferro), cargas gerais e equipamentos de grandes dimensões, a exemplo de torres e pás eólicas, além de ampliar a área do terminal portuário para 740 mil m², transformando o complexo em um dos maiores portos em operação do Nordeste.

O Terminal de Uso Privado do Enseada (TUP Enseada) possui águas abrigadas, calado profundo e localização privilegiada, o que garante segurança e eficiência superiores em movimentações de cargas. O TUP iniciou as operações em 2020 e em menos de um ano já armazenou e movimentou 308 mil toneladas de minérios oriundos de minas da Bahia. “Foram sete carregamentos de 44 mil toneladas cada realizados com pleno êxito por nossa equipe, o que já nos coloca como o maior porto de minério em operação na Bahia”, revela Mário Moura, diretor de operações do Enseada.