Ligga investe em nova planta no Pará

23/06/2022
A previsão da empresa é escoar sua produção pelo porto de São Luís (MA), onde pretende ter área própria de embarque.

A mineradora Ligga lançou, em 23 de junho, a pedra fundamental da planta experimental para processamento de minério de ferro do Projeto Ferro Sul, no município de Parauapebas (PA), na qual investiu R$ 26 milhões. 

Segundo a empresa, o projeto será desenvolvido até 2033 e terá algumas fases, sendo a primeira o projeto Ferro Sul (localizado nos municípios de Parauapebas e Curionópolis), Inajá (em Santa Maria das Barreiras) e Trairão (em Bannach), todos no estado do Pará. 

Os recursos minerais potenciais situam-se acima de 5,5 bilhões de toneladas e a produção projetada é de 75 milhões de toneladas/ano em 2033.

A previsão da empresa é escoar sua produção pelo porto de São Luís (MA), onde pretende ter área própria de embarque. Na fase experimental deverão ser produzidas 600 mil t/ano de minério e, segundo a empresa, serão gerados 130 empregos diretos e 455 indiretos. O principal propósito desta fase é obter maior conhecimento das reservas minerais do Projeto Ferro Sul, visando seu desenvolvimento em maior escala de produção.