17/04/2019
MINÉRIO DE FERRO

Vale pode retomar produção em Brucutu

O Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais suspendeu parcialmente decisão da liminar da Vara Única da Comarca de Santa Bárbara, proferida em 22 de março de 2019, no âmbito da ação civil pública n° 5000153-77.2019.8.13.0572, movida pelo Ministério Público do Estado de Minas Gerais (MPMG). A ação se refere à interrupção imediata de qualquer atividade que importasse elevação/incremento de risco de rompimento das estruturas de contenção de rejeitos situadas no município de São Gonçalo do Rio Abaixo. 
 
Com a decisão do Tribunal, a Vale poderá retomar integralmente as operações na mina de Brucutu em até 72 horas, o que equivale a um volume de produção anualizado de 30 Mtpa. Entretanto, fortes chuvas em São Luís do Maranhão nos meses de março e abril impactaram os embarques no terminal de Ponta da Madeira, o transporte ferroviário na EFC e, por consequência, a produção do Sistema Norte. Com isto, a Vale reafirma seu guidance de vendas de minério de ferro e pelotas de 307 - 332 Mt, anteriormente divulgado, e informa que a expectativa atual é que as vendas fiquem em torno do centro da faixa.

Veja também