17/01/2019
VALE

Inaugurado Centro de Inteligência Artificial

A Vale inaugurou Centro de Inteligência Artificial (AI Center) em Vitória (ES) no último dia 10 de janeiro. No local a mineradora desenvolverá e irá monitorar as iniciativas de IA nas unidades da Vale em vários países. Os projetos que já foram entregues geraram uma economia de mais de R$ 74 milhões por ano e há previsão de se obter mais R$ 136 milhões de benefícios com outras iniciativas em andamento. 
 
Os benefícios são obtidos com a otimização da manutenção de ativos - de caminhões fora de estrada a trilhos de ferrovia - a melhoria na gestão dos processos de usinas de beneficiamento de minério e de pelotização; e no aperfeiçoamento de controles ambientais, de saúde e segurança e de integridade corporativa. "O AI Center favorece a integração e a colaboração intensas entre os responsáveis pelos diferentes projetos", explica o gerente-executivo de Inovação em TI, Hélio Mosquim. 
 
Segundo ele, o Centro permitirá a troca de experiências e conhecimento entre profissionais, o que irá gerar sinergia entre as equipes em escala global. O Centro de AI está localizado na unidade da Vale em Vitória e ocupa uma área de 14 km² que inclui oito usinas de pelotização, o centro operacional da Estrada de Ferro Vitória-Minas e quatro terminais portuários. No Centro trabalham cerca de 50 profissionais da Vale, entre cientistas e engenheiros de dados e especialistas de negócios - dedicados exclusivamente a projetos de Inteligência Artificial. Destes, 15 ficam alocados no AI Center. Entre suas tarefas está a de dar suporte a milhares de ativos como caminhões, escavadeiras, trens, correias transportadoras e etc.
 
Nos projetos realizados pela Vale milhões de dados são coletados e analisados com a ajuda de sistemas de Inteligência Artificial. Dessa forma, são gerados insights que ajudam a prever problemas e influenciam a tomada de decisões. Atualmente, as equipes da Vale trabalham em 13 linhas de projetos, que são executados em conjunto com as áreas de negócio da empresa: ferrosos, metais básicos, carvão e áreas corporativas. "A Inteligência Artificial tem potencial de gerar valor para todas as áreas de negócio da Vale", afirma o diretor de Transformação Digital, Afzal Jessa. "É mais um importante passo no programa de transformação digital que estamos implantando, que tem o objetivo de aumentar a produtividade e a eficiência operacional, alcançar os melhores índices de saúde e segurança, melhorar nossa performance financeira e impulsionar a inovação."
 
A expectativa é que a Vale obtenha ganhos em todas as áreas de negócio e, especificamente no minério de ferro, reduza o custo de produção em US$ 0,50/t até 2023. Entre as inovações tecnológicas desenvolvidas pela empresa estão Internet das Coisas, Inteligência Artificial, aplicativos móveis, robotização e equipamentos autônomos (como caminhões e perfuratrizes).