06/04/2017
SÃO PAULO

Fiesp lança síntese da indústria mineral

Em evento realizado no dia 30 de março, o Comitê da Cadeia Produtiva da Mineração da Fiesp (Comin/Fiesp), lançou a publicação “A Indústria Mineral Paulista – Síntese Setorial do Mercado Produtor”, que traça um amplo panorama da indústria mineral do Estado de São Paulo, abrangendo os segmentos de Agregados, Águas Minerais, Rochas Calcárias, Areia Industrial, Rochas Fosfáticas, Argilas, Outros Minerais Industriais e Rochas Ornamentais. 
 
De acordo com o Coodenador do Comin/Fiesp, Eduardo Machado Luz, a publicação “permite ressaltar que o Estado de São Paulo é o maior consumidor de bens minerais do Hemisfério Sul, caracterizado pelo consumo essencialmente local e regional”. Ele também informou que o estado apresentou uma produção superior a 215 milhões de toneladas em 2014, no valor de R4 6,9 bilhões, o que permitiu sua colocação como 4º maior produtor de bens minerais no País, atrás apenas de Minas Gerais, Pará e Goiás. Em consumo de minerais, no entanto, São Paulo ocupa a liderança no País. 
 
O evento de lançamento da publicação, na sede da Fiesp, em São Paulo, contou com a presença do secretário de Geologia, Mineração e Transformação Mineral do MME, Vicente Lobo Cruz (que apresentou as mudanças que o governo está preparando na política mineral com vistas à retomada das atividades do setor no País), do Diretor Geral do DNPM, Victor Bicca, do presidente da CPRM, Eduardo Ledsham, do secretário de Energia e Mineração do Estado de São Paulo, João Carlos de Souza Meirelles, do presidente executivo do Ibram, Walter Alvarenga, do diretor do Deconcic/Fiesp, Carlos Auricchio, além do próprio Eduardo Luz.