27/12/2017
OURO

Equinox obtém aprovação da TSX-V

A Equinox Gold (ex-Trek Mining) anunciou que obteve a aprovação final da TSX Venture Exchange (TSX-V) da operação de junção da Trek Mining, New Castle Gold e Anfield Gold, que resultou na formação da Equinox. “O suporte dado pelos acionistas da New Castle e Anfield para a transação reforça o potencial de crescimento em longo prazo da Equinox, disse Christian Milau, CEO da Equinox Gold.

Ele acrescentou que em curto prazo a empresa deve iniciar produção na mina de ouro Aurizona, além de aumentar a produção da mina Castle Mountain, na Califórnia, e de contar com ativos excepcionais em ouro e cobre que estão em fase de desenvolvimento. Para a construção do projeto Aurizona, a empresa já assegurou um empréstimo de US$ 85 milhões, através da Trek Mining. “Esperamos anunciar progressos em 2018 em nossos objetivos de alcançar produção e construir uma companhia líder em ouro”.

Além de Milau, o quadro de diretores inclui Ross Beaty, Greg Smith, Marcel de Groot, Lenard Boggio Marshall Koval e Jacques McMullen. Ross Beaty foi indicado Chairman do Board de diretores.

A Equinox Gold também anunciou que a venda das ações da Mayaniquel S.A. para a International Nickel Supply S.A. foi completada em dezembro de 2017, o que significou a entrada de US$ 12,5 milhões em seu caixa. Além disso, a venda da Chapleau Resources e seu projeto Coringa para a Serabi Gold também foi completada no mesmo mês, o que significou o ingresso de mais US$ 5 milhões, pagáveis em três meses, e um pagamento final de US$ 12 milhões quando Coringa começar a produzir ouro ou 24 meses após o fechamento da transação.

 

Veja também

29/11/2018
JUPITER GOLD | Resultados positivos em Paracatu
01/11/2018
EQUINOX GOLD | Concluída aquisição da Mesquite Gold
01/11/2018
GARIMPO | Aripuanã, a nova Serra Pelada?
25/10/2018
AURA MINERALS | Suspensão de operação em Honduras
11/10/2018
METAIS PRECIOSOS | Cetem oferece curso de refino