Recuperação judicial da Samarco será por mediação

21/06/2022
As regras de governança da mediação serão definidas em comum acordo entre as partes até o dia 04 de julho de 2022.

Em audiência de conciliação no Forum Civil e Fazendário do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), foi decidido que a recuperação judicial da Samarco será feita por meio de acordo com os credores, com mediação pelo Centro de Mediação Empresarial (Cejusc), do TJMG.

A Samarco informou em nota que houve consenso no sentido de que se inicie um processo de mediação entre a empresa e seus credores. A companhia informou, ainda, que as regras de governança da mediação serão definidas em comum acordo entre as partes até o dia 04 de julho de 2022.

A empresa também disse que participará do processo de mediação como forma de buscar uma solução conjunta e que atenda os interesses de todos. Reitera, ainda, “que seguirá defendendo a sua sustentabilidade financeira, seus compromissos com a sua função social e com as ações de reparação, assim como vem conduzindo a negociação até aqui”.