01/06/2017
CPRM

Prêmio por prevenção de desastres naturais

O Projeto de Fortalecimento da Estratégia Nacional de Gestão Integrada de Riscos em Desastres Naturais (GIDES), no qual o Serviço Geológico do Brasil (CPRM) participa ativamente, foi reconhecido pela ONU durante evento internacional denominado “Plataforma Global para a Redução do Risco de Desastres”, realizado em Cancun, no México. O GIDES ficou em terceiro lugar, em um universo de 100 projetos de diversos países. 
 
O Brasil recebeu o Certificado de Distinção do Prêmio Sasakawa concedido pelo Escritório da ONU para a Redução do Risco de Desastres (UNISDR) e pela Fundação Nippon, do Japão. A premiação reconhece projetos que contribuam substancialmente para salvar vidas e reduzir a mortalidade e mitigar riscos de desastres naturais. 
O Serviço Geológico do Brasil passou a integrar o GIDES em 2014, tendo como responsabilidade a elaboração de manual que orientasse as Defesas Civis estaduais e municipais, além do Centro Nacional de Gerenciamento de Desastres Naturais (CENAD) na realização de mapeamentos de áreas de risco.
 
De acordo com o presidente da CPRM, Eduardo Ledsham, “Após quatro anos de esforços os técnicos da CPRM elaboraram o Manual de Mapeamento de Perigo e Risco a Movimentos de Massa, que contou com a participação da equipe de consultores da Agência de Cooperação Internacional do Japão (JICA), e de técnicos dos municípios de Blumenau, Petrópolis e Nova Friburgo, que participam do projeto”. 
 
Ele acrescenta que a iniciativa proporcionou o desenvolvimento de uma metodologia de mapeamento, construída sobre as bases da metodologia japonesa de mapeamento de Perigo, adaptada, enriquecida e expandida para as condições e realidades brasileiras. “O projeto aprimorou o modelo de governança para a gestão integrada de riscos a destrates naturais. Agora podemos antecipar onde está o perigo, alertar a população e planejar o uso do solo”, afirma o diretor-presidente. 
 
O projeto GIDES conta com a participação de quatro ministérios (Cidades, Minas e Energia, Integração Nacional e Ciência e Tecnologia), além dos municípios de Blumenau, Nova Friburgo e Petrópolis. Cada Ministério desenvolveu seus trabalhos sobre um eixo específico (planejamento urbano, mapeamento de perigo e risco e prevenção e alerta).

Veja também

20/07/2017
RECURSOS HÍDRICOS | CPRM lança Carta hidrogeológica de Manaus
29/06/2017
PROSPECÇÃO MINERAL | Governo cria novo modelo para ofertar áreas
16/06/2017
POLO GESSEIRO | I Fórum de Desenvolvimento em Araripe
07/06/2017
ANÁLISES MINERAIS | CPRM inaugura LAMIN em Caeté
25/05/2017
SETOR MINERAL | CPRM disponibiliza dados aerogeofísicos
11/05/2017
GEOLOGIA | CPRM disponibiliza dados da Bahia