14/11/2018
VOTORANTIM CIMENTOS

Patrimônio geológico em Pernambuco

Os pesquisadores Gilberto Albertão e Paulo Martins descobriram, em 1993, registros deixados pelo impacto de um meteoro que provocou uma extinção em massa na Terra no município de Paulista (PE). O registro foi encontrado na área de mineração da Votorantim Cimentos e é estudada e conservada desde então. No local, os pesquisadores já identificaram fósseis de espécies de crocodilo e de tartaruga que viveram na costa do Nordeste brasileiro há 62 milhões de anos. 
 
Uma equipe de professores, alunos e pesquisadores do Departamento de Geologia da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) estudam a Mina Poty desde meados do século XX, com ênfase nas questões paleontológicas. Com cerca de 65 mil m2, o espaço é dividido em quatro exposições geológicas e foi denominado Geossítio K-Pg Mina Poty. Será inaugurado para visita e estudo de universitários e pesquisadores, com o objetivo de proporcionar a oportunidade do conhecimento sobre a rica história geológica que Pernambuco abriga.
 
O nome Geossítio K-Pg Mina Poty em referência ao Limite K-Pg, que demarca o fim do período do tempo geológico Cretáceo (K) e início do Paleógeno (Pg), causado pela queda de um meteoro no Golfo do México. O impacto ocorrido há 66 milhões de anos provocou mudanças ambientais e extinção em massa. Calcula-se que 64% a 85% de todas as espécies, nos biomas marinhos e terrestres, incluindo os dinossauros, desapareceram com a queda do meteoro. “Com a abertura do Geossítio K-Pg Mina Poty, a Votorantim Cimentos proporcionará a pesquisadores e estudantes universitários a continuidade de atividades voltadas ao aproveitamento racional dos recursos da natureza, possibilitando escrever os próximos capítulos da história da Terra. É ainda uma oportunidade única para estreitar o relacionamento com a comunidade do município de Paulista, que serão convidados a participar, por meio de atividades educativas, da conservação deste patrimônio”, afirmou Alexandre Galliza, gerente da Unidade Poty Paulista.
 
Com a iniciativa de preservar sítios geológicos, a Votorantim Cimentos atende à Política Global de Meio Ambiente da Votorantim S/A, que estabeleceu entre suas Regras Verdes: Respeitar cavernas, sítios culturais, geológicos, históricos, paleontológicos e arqueológicos. “A abertura do geossítio K-Pg Mina Poty é uma valorização nossa às geociências, além de ser compromisso, de longo prazo, com a sociedade e com a sustentabilidade”, disse Rodrigo Sansonowski, Gerente de Direito Mineral da Votorantim Cimentos.
 
Com a Mina Poty foi possível a descoberta da única área em superfície brasileira com evidências geológicas que a caracterizam como geossítio do Limite K-Pg. O local já foi reconhecido pela sua relevância científica na publicação da SIGEP (Comissão Brasileira de Sítios Geológicos e Paleobiológicos). 

Veja também

13/12/2018
PESQUISA MINERAL | GEOSOL comemora 65 anos
06/12/2018
RESPONSABILIDADE SOCIAL | VCimentos novamente premiada
06/12/2018
VOTORANTIM CIMENTOS | Indicado novo CEO Global
06/12/2018
EVENTOS | APLs são debatidos no IFRN
23/11/2018
CIMENTO | Vendas caem 2,2% até setembro
08/11/2018
VOTORANTIM CIMENTOS | Programa de educação em Nobres