Movimento rumo ao baixo carbono na Austrália

07/07/2021

A Heavy Industry Low-carbon Transition, por meio do Centro de Pesquisa Cooperativa (HILT CRC) recebeu US$ 39 milhões de apoio financeiro ao longo de dez anos do governo australiano para desbloquear mais de US$ 175 milhões de investimentos de seus parceiros localizados em toda a Austrália. O objetivo é financiar o projeto colaborativo entre a indústria pesada, governo e pesquisadores, para acelerar a transição para emissões líquidas de carbono zero. 

O HILT CRC reúne os principais pesquisadores da Austrália neste campo, oriundos da University of Adelaide, que liderou a oferta, juntamente com a Australian National University, CSIRO, Curtin University, University of Newcastle, Swinburne University, Queensland University of Technology e parceiros internacionais, como a Arizona State University, German Aerospace, MINTEK e a University of Canterbury. “A indústria pesada produz materiais como aço, alumínio e cimento, que são vitais para a economia nacional e global”, disse o professor Gus Nathan, da Universidade de Adelaide, diretor do Centro de Tecnologia de Energia e vice-diretor do Instituto de Minerais e Energy Resources, que liderou a licitação do HILT CRC. 

O professor diz ainda que a parceria é uma oportunidade econômica devido à crescente demanda por novos produtos verdes de maior valor. “É por isso que a transição da indústria pesada para emissões líquidas de carbono zero é um próximo passo tão essencial e importante no caminho da Austrália em direção a um futuro sustentável”.