19/10/2017
MINERACÃO CARAÍBA

Ero Copper capta US$ 110 milhões

A Ero Copper, controladora da Mineração Caraíba, emitirá 23,282 milhões de ações ordinárias, das quais 10 milhões da tesouraria e 13,282 milhões de papéis vendidos por acionistas em oferta secundária. Com preço de US$ 4,75 por ação, a companhia espera obter US$ 110,5 milhões, sendo que US$ 47,5 milhões ficarão com a Ero Copper e US$ 63 milhões com os acionistas. 
 
Os acionistas que venderam as ações são Brasil Plural Special Situations Fundo de Investimento em Participações Multiestratégia Investimento no Exterior, Spectra II – Fundo de Investimento em Participações, Spectra III Fundo de Investimento em Participações Multiestratégia IE, Ross Beaty, Taylor International Fund Ltd., Heritage Investments Trust, Randal Cowell, 1045373 BC Ltd., 1040350 BC Ltd., and Geoff Burns. 
 
A oferta está sendo gerenciada por um sindicato de subscritores, incluindo a BMO Capital Markets e o Scotiabank como líderes e Canaccord Genuity Corp., GMP Securities LP, Numis Securities Limited, PI Financial Corp. e Raymond James Ltd.  O Blake, Cassels & Graydon LLP e Cassels Brock & Blackwell LLP atuam como assessores jurídicos da Ero Copper e dos subscritores, respectivamente. 
 
A Bolsa de Valores de Toronto aprovou condicionalmente a cotação das ações ordinárias da Ero Copper sob o símbolo "ERO". Após o fechamento da oferta, a Ero Copper terá 71.105.711 ações ordinárias emitidas e em circulação. 
A empresa deverá utilizar os recursos para investir na retomada de projetos de expansão que estavam sendo implantados pela Mineração Caraíba.