06/02/2019
ALUMÍNIO

Abal busca startups e techs

A Associação Brasileira do Alumínio (Abal) entrou para o Movimento 100 Open Startups e acaba de lançar o Desafio Rastreabilidade de Produtos de Alumínio, com o objetivo de fomentar o desenvolvimento de soluções de controle e monitoramento para produtos de alumínio, como matérias-primas e semimanufaturados. “Um sistema de rastreabilidade específico para o alumínio, focado em determinado produto/segmento ou para toda cadeia produtiva, resultaria em benefícios operacionais, logísticos, inibiria o roubo de carga, combateria a informalidade, traria, enfim, importantes ganhos competitivos à nossa indústria”, disse o presidente executivo da Abal, Milton Rego. 
 
O Movimento 100 Open Startups é uma plataforma de conexão entre a indústria e as startups mais atrativas do mercado. Empresas como as associadas da Abal lançam desafios e a plataforma facilita a aproximação com as startups, estabelecendo afinidades entre ambas, em uma espécie de “match corporativo”. “Trata-se de um ecossistema de inovação, que tem tudo a ver com a solução que buscamos para esse desafio e para os próximos que a Abal pretende lançar”, explica Kaísa Couto, gerente da área técnica da Associação. Kaísa lembra ainda que a rastreabilidade é fundamental para análise do ciclo de vida (ACV) de qualquer produto, informação que apoia processos e escolhas sustentáveis.
 
O Desafio Rastreabilidade é aberto a startups e techs em qualquer estágio de desenvolvimento. A previsão é ter ainda no primeiro semestre do ano o ranking das melhores soluções. A partir daí, as empresas da indústria do alumínio podem fechar contratos para o desenvolvimento de projetos-piloto, prestação de serviços ou fornecimento de soluções inovadoras, de acordo com a maturidade e consistência, tanto da startup quanto da solução escolhida.

Veja também

23/05/2019
ALUMÍNIO | Abal promove rodada com startups
23/05/2019
NEXA | Nova edição do Mining Lab
23/05/2019
MINING HUB | Abertas inscrições para novo ciclo
25/04/2019
ALUMÍNIO | Consumo cresce, mas produção recua
20/02/2019
ALUMÍNIO | Abal e Embrapii fazem aliança
05/09/2018
ALUMÍNIO | Para Abal, Brasil deve produzir mais
22/08/2018
ALUMÍNIO | Congresso Internacional em SP