Simak Rent vai investir R$ 2 bilhões até 2026 no Brasil

13/05/2024
Em 2023, a Sika investiu R$ 400 milhões e começou a operar em março, com a carteira de contratos já somando R$ 1,6 bilhões em acordos de longo prazo

 

Empresa criada em 2023 pelo Grupo Manserv, a Simak Rent disputa o mercado brasileiro de locação de veículos pesados e planeja investir R$ 2 bilhões até 2026 na ampliação da frota, digitalização das operações e expansão dos negócios no Brasil. A Sika encerou o último ano com faturamento bruto de R$ 242 milhões, receita líquida de R$ 220 milhões, 18 novos contratos firmados e 1.579 ativos em operação, contemplando veículos de linha amarela, linha verde e caminhões pesados e extrapesados. Os dados foram auditados pela Ernst Young.

Em 2023, a Sika investiu R$ 400 milhões e começou a operar em março, com a carteira de contratos já somando R$ 1,6 bilhões em acordos de longo prazo. “Tivemos um excelente primeiro ano de operação. Hoje 97% da frota está alocada em contratos de longo prazo, com média de duração de 52 meses, conquistamos 18 contratos novos ao longo de 2023 e estamos experimentando forte alta na demanda por novos projetos no início deste ano”, diz o CEO da Simak Rent, Anderson Antonio de Abreu. A Simak tem contratos firmados com empresas de 22 setores da economia, com presença relevante em áreas como mineração, fertilizantes, químico, siderurgia e energia. A companhia projeta expansão de 32% na frota em 2024. “Devemos incorporar 510 novos equipamentos ao longo deste ano para fazer frente ao crescimento das operações”, diz o CEO da Simak. “Só no primeiro trimestre já realizamos a encomenda de 200 ativos para atender novos contratos”. A expectativa é fechar 2024 com 2080 ativos em operação.

Os equipamentos da linha amarela (pás carregadeiras, escavadeiras, entre outros) respondem por 36% da frota Simak. Já o segmento de linha verde responde por 5% dos ativos e reúne equipamentos para atividades agroflorestais. Caminhões (pesados e extra-pesados) compõem 59%. Um dos pontos centrais da atuação da Simak é o uso intensivo de tecnologia para oferecer serviços diferenciados aos clientes, além de otimizar a eficiência operacional da empresa. A Simak está investindo R$ 7 milhões em transformação digital, incorporando plataformas de ponta para data analytics, reestruturação de processos e capacitação de equipes, na busca contínua por níveis cada vez maiores de excelência e competitividade, se tornando uma empresa data driven. A iniciativa prevê a entrada em operação ainda este ano de um centro de monitoramento suportado por uma plataforma própria, capaz de monitorar parâmetros de operação de equipamentos de diversos fabricantes diferentes, se integrar ao ERP para cruzamento de informações de processos como, por exemplo, manutenção, além do uso de algoritmos específicos para a tomada de decisão e geração de alertas e recomendações.

O objetivo é utilizar os sistemas de telemetria embarcados nos equipamentos para obter dados e usar a plataforma para análise e geração de relatórios gerenciais aos clientes, apontando posição, estado, condições de uso dos equipamentos e medidas preventivas para reduzir custos com combustível, controlar emissões CO2, e mitigar acidentes, desgastes, paradas e manutenção. “Vamos usar nosso know how para gerar valor, ajudando os clientes a gerir as frotas e sua aplicação em campo”, explica o CEO da Simak. Em 2024, a Simak também tem como meta concluir a construção de seu centro operacional na cidade de Contagem (MG), com investimento de R$ 35 milhões. Com uma área de 22 mil m², o Centro de Operações da Simak está localizado próximo ao ecossistema das principais rodovias nacionais, facilitando a logística de equipamentos. A empresa conta com 601 colaboradores. Até o final de 2024 serão 700. A Simak Rent está presente em 22 estados e conta com 140 sites espalhados pelo País.