05/07/2018
SIDERURGIA

SSAB aposta na América Latina

A SSAB Special Steels planeja alcançar o volume de 1,35 milhão de toneladas em vendas até 2020. Segundo a empresa, parte da produção virá do upgrade e do crescimento das vendas nos mercados emergentes, que também desempenharão um papel importante para alcançar esse objetivo.
 
Entre os mercados emergentes está a América Latina. “Em comparação com os mercados mais tradicionais, tais como os EUA e a Europa, ainda há muito potencial na América Latina no uso de aços de alta resistência. Em alguns casos, isso também significa desafios para nós, já que muitos OEMs (fabricantes de equipamentos originais) e usuários finais não têm experiência em aços de alta resistência e pouco conhecimento de seus benefícios ou de como trabalhar com os nossos aços premium”, afirma o diretor de vendas Luiz Monegatto, da SSAB Special Steels. 
 
Segundo o diretor, a empresa dará continuidade às vantagens das marcas e programas de marketing, tais como o My Inner Strenx e o Hardox In My Body. “A SSAB Services também é uma parte importante da nossa estratégia para a América Latina. A rede Hardox Wearparts cresceu de 8 centros, em 2014, para mais de 30 centros, em 2017, sendo que toda a região apresenta um bom potencial. O Centro Wearparts em Santiago, por exemplo, tem um papel fundamental no apoio ao nosso crescimento no mercado chileno e no fornecimento de um importante valor aos clientes. No Brasil, um novo centro Shape acaba de ser inaugurado e criará mais oportunidades de crescimento futuro”. 
 
A SSAB México apresentou taxas de crescimento surpreendentes nos últimos quatro anos e, considerando os projetos atuais e as oportunidades futuras, a unidade continuará a superar as expectativas nos próximos dois anos. A Argentina e a Colômbia também apresentaram um grande crescimento, tanto em volumes quanto em números de clientes para a SSAB – adicionando mais de 120 novas empresas desde 2016.