Vale desembolsa R$ 17 bilhões no primeiro semestre

23/08/2021

No primeiro semestre de 2021 a Vale desembolsou R$ 17,4 bilhões em Minas Gerais em ações socioambientais, voluntárias e obrigatórias. As compras com fornecedores locais totalizaram R$ 12,7 bilhões, movimentando a economia dos municípios onde a empresa atua. Os números fazem parte do Balanço Vale+, relatório divulgado pela mineradora com informações sobre sua atuação econômica, social e ambiental.

As operações da Vale no estado empregam aproximadamente 40 mil pessoas entre mão-de-obra local e terceirizada. Os empregos gerados representaram uma massa salarial de R$ 1,4 bilhão em circulação na economia mineira no primeiro semestre do ano. A produção de minério de ferro foi de 56,7 milhões de toneladas na primeira metade de 2021. Além disso, foi repassado R$ 1,7 bilhão em tributos para os governos municipal, estadual e federal, referente à CFEM, ICMS, ICMS Importação, TFRM e ISS.

Os investimentos socioambientais da Vale em Minas somaram R$ 864 milhões nas ações voluntárias e R$ 320 milhões nas obrigatórias, respectivamente. Foram realizadas diversas iniciativas voltadas para o desenvolvimento dos territórios, em frentes como cultura, geração de trabalho e renda, melhoria da saúde e qualidade de vida das comunidades. A Vale continua a apoiar instituições mineiras no combate à pandemia da COVID-19, por meio da doação de kits de teste rápido, cilindros de oxigênio e equipamentos hospitalares.