12/04/2017
EQUIPAMENTOS PESADOS

Volvo aumenta market share e faz lançamentos

Apesar do cenário econômico desafiador e do ambiente mais restrito, a Volvo Construction Equipment Latin America informa que manteve suas vendas em 2016, chegando a crescer sua participação em alguns segmentos inclusive. “Foi um ano de mudanças, para nos adaptarmos a um mercado ainda mais competitivo. Conseguimos reagir rapidamente, reestruturando nossa organização e trabalhando de maneira assertiva com nossas duas marcas: Volvo e SDLG. Estamos prontos para grandes lançamentos em 2017”, disse Afrânio Chueire, presidente da Volvo CE Latin America.
 
De 2000 a 2006 o mercado brasileiro de equipamentos de construção comercializa, em média, 5 mil unidades por ano; de 2007 a 2014, esse volume passou a cerca de 25 mil máquinas por ano e, caindo abruptamente nos dois anos seguintes a 8 mil unidades anuais, patamar que deve se manter em 2017. A retomada esperada, em longo prazo, deve se estabilizar entre 15 mil e 20 mil unidades. No mesmo período, os países hispânicos, América Latina com exceção do Brasil, apresentaram uma curva bastante semelhante. 
 
Em 2016, a empresa ganhou 2,2 pontos percentuais de market share na América Latina no segmento de compactadores, somando-se a performance de ambas as marcas. Na área classificada como GPE (General Purpose Equipments), que engloba carregadeiras, escavadeiras e caminhões articulados, tanto a Volvo como a SDLG mantiveram suas participações de mercado. “Mesmo diante de um mercado restritivo, tivemos resultados favoráveis, justamente por conta do grande reconhecimento que nossas máquinas têm no mercado”, explica Chueire.
 
A Volvo ainda manteve a liderança absoluta no Brasil no segmento de caminhões articulados, apesar da grande queda na comercialização de equipamentos deste tipo, fruto da crise que abateu o setor de mineração. “A Volvo criou o conceito de caminhão articulado e vem sempre se mantendo à frente”, observa o executivo.
 
Ao longo deste ano, a empresa irá lançar novas máquinas da Volvo e da SDLG para diferentes aplicações. “Vamos continuar a estratégia de expansão de nosso portfólio de produtos para ganhar mais espaço, tanto no Brasil como na região hispânica”, diz o presidente. Serão lançados novos modelos de caminhões articulados, escavadeiras e vibroacabadoras Volvo, assim como a linha de máquinas SDLG com motorização que atende às mais recentes regras de emissões de poluentes e de controle de ruídos.
 
Novidades para o setor de mineração 
 
Recentemente a Volvo CE apresentou ao mercado a escavadeira EC950EL e o caminhão articulado A60H visando especialmente minerações de ferro, carvão, manganês e bauxita espalhadas por todo o País. “Estamos ampliando nossa linha de produtos de grande porte para atender a um segmento que procura equipamentos de uso intensivo e de alta produtividade”, reforçou Chueire. A nova classe de máquinas será dirigida também para minerações por toda a América Latina, mas principalmente em países com maior atividade nesta área, como o Chile, Peru, México, Colômbia, Argentina e Panamá. 
 
Maior escavadeira da marca, com peso operacional de 92 toneladas e uma caçamba de 5,6 m³, a EC950EL tem uma força de escavação 23% maior que a EC750DL. Dotado de alta tecnologia embarcada para maior produtividade e segurança, o caminhão articulado A60H tem grande capacidade de carga, um aumento de 41% se comparado com o modelo A40F. Outro diferencial do A60H é o sistema de pesagem de carga que garante maior produção por ciclo de trabalho (OBW - On Board Weighing). O articulado é equipado ainda de dispositivos que facilitam rodar em aclives acentuados e reduzem o risco de tombamento em topografias inclinadas. 

Veja também

25/05/2017
CADEIA DE SUPRIMENTOS | CSIRO lança roadmap tecnológico
25/05/2017
EFICIÊNCIA ENERGÉTICA | Proximidade entre campo e mineração
11/05/2017
MANUTENÇÃO | Método da Manserv melhora performance
26/04/2017
CONSULTORIA MINERAL | GE21 inicia atuação em realidade virtual
26/04/2017
VOLVO CE | Vendas aumentam 30% no trimestre
06/04/2017
AUTOMAÇÃO | ABB adquire austríaca B&R