29/03/2017
ESTADOS UNIDOS

Vale satisfeita com decisão judicial

A Vale anunciou avanços na ação coletiva relacionadas a valores mobiliários contra a mineradora e três de seus executivos no Tribunal Distrital dos Estados Unidos no Distrito Sul de Nova York (United States District Court for the Southern District of New York). 
 
No último dia 23 de março, a Corte julgou extinta a ação com relação a maior parte dos pedidos ajuizados contra a Vale e seus executivos, todos os pedidos formulados contra o ex-diretor-Presidente da Vale, Murilo Ferreira, e todos os pedidos relativos à responsabilidade pessoal de controle dos réus indivíduos. A pequena parte da ação que permanece é limitada a algumas declarações relativas à mitigação de risco que constaram nos Relatórios de Sustentabilidade da Vale no biênio de 2013 e 2014, além de declarações isoladas a respeito da responsabilidade da Vale pelo rompimento da barragem de Fundão, feitas durante uma única conferência telefônica em novembro de 2015.
 
A Vale considera satisfatória a decisão da Corte judicial, que reconheceu amplamente a falta de embasamento da ação e continua confiante de que os poucos pedidos que permaneceram não têm mérito. A Vale continuará a combater essa ação.