20/05/2015
CRÉDITO ROTATIVO

Vale contrata linha de US$ 3 bilhões

A Vale contratou linha de crédito rotativo no valor de US$ 3 bilhões, com prazo de cinco anos. A linha foi contratada junto a um sindicato composto por 24 bancos globais, liderados por BNP Paribas, Citibank, Crédit Agricole e Sumitomo.

Faz parte também deste sindicato o The Bank of Nova Scotia, Intesa San Paolo, Canadian Imperial Bank of Commerce, Royal Bank of Canada, Mizuho, HSBC, Bank of Montreal, TD Securities, Barclays, Industrial and Commercial Bank of China, Société Générale, Standard Chartered, Santander, JP Morgan, Bank of Tokyo-Mitsubishi UFJ, Morgan Stanley, Bank of America, Goldman Sachs, ANZ Banking Group e DZ Bank.

As linhas ofertadas superaram consideravelmente o montante originalmente demandado pela Companhia. Esta linha de crédito rotativo substituirá a linha de US$ 3 bilhões contratada em 2011. A Vale conta ainda com outra linha no valor de US$ 2 bilhões, totalizando assim US$ 5 bilhões em linhas de crédito rotativo. A linha de crédito rotativo é uma fonte adicional de liquidez e pode ser utilizada pela Vale e algumas de suas subsidiárias em qualquer momento da vida útil do instrumento (US$ 2 bilhões até 2018 e US$ 3 bilhões até 2020).