Segundo trimestre de crescimentos

21/07/2021

O CEO da Anglo American, Mark Cutifani, disse que a companhia entregou um sólido desempenho operacional no segundo trimestre de 2021 apoiado por medidas abrangentes de combate à COVID-19 para preservar as vidas e meios de subsistência da força de trabalho e comunidades anfitriãs da empresa. “Em geral, mantivemos os níveis operacionais em aproximadamente 95% da capacidade normal e, como consequência, a produção aumentou 20% na comparação com o segundo trimestre do ano passado, com maior produção planejada de diamantes brutos na De Beers, bem como forte desempenho de nossa planta de cobre Los Bronces no Chile, além de maior rendimento em nossa mina de metais do grupo de platina Mogalakwena na África do Sul”. 

A mineradora concluiu também a cisão da operação de carvão térmico na África do Sul e vendeu a participação minoritária (33%) na mina Cerrejón na Colômbia, no segundo trimestre, sujeita a aprovações regulatórias. Estas operações marcaram a transição do carvão térmico antes do previsto. “Nosso portfólio e investimentos estão cada vez mais focados nos metais e minerais que possibilitem um futuro visando a descarbonização de energia e transporte, além de atender demandas crescentes dos consumidores”. 

A produção de diamantes brutos aumentou 134%, somando 8,2 milhões de quilates e refletindo a alta produção planejada em resposta à contínua recuperação da demanda do consumidor. A produção de Platinum Group Metals (PGMs) aumentou 59%, totalizando 1.058 onças de platina, com a produção de Mogalakwena aumentando em 11%, refletindo o impacto relativamente menor dos bloqueios da COVID-19 em comparação com o segundo trimestre de 2020. A forte produção refinada refletiu o desempenho estável da unidade ACP Fase A. 

A produção de minério de ferro somou 15,7 milhões de toneladas, um aumento de 6%, impulsionado principalmente por Kumba, refletindo o menor impacto dos bloqueios da COVID-19 em comparação com o segundo trimestre de 2020. A produção de cobre cresceu 2% e atingiu 170 mil t, devido ao forte desempenho da fábrica em Los Bronces.

A Anglo American informa que nas operações de carvão metalúrgico longwall, a mineração foi reiniciada em Moranbah no início de junho e o trabalho de desenvolvimento em Grosvenor continua a progredir, com reinício previsto para o final do ano.