20/06/2018
ENERGIA

Rio sedia conferência mundial do hidrogênio

A 22ª Conferência Mundial de Energia do Hidrogênio (WHEC 2018) acontece entre os dias 17 e 22 de junho no Rio de Janeiro, sendo a primeira vez no Brasil. No encontro serão debatidas as mais promissoras tecnologias sustentáveis do planeta. A expectativa é que o evento tenha cerca de 800 participantes, de 50 países, entre acadêmicos, pesquisadores e representantes de governos e indústrias mundiais vão mostrar os investimentos que as sociedades mais avançadas já estão fazendo rumo à transição energética sustentável.
 
A WHEC acontece desde 1976 a cada dois anos e terá como tema, em 2018, “Transformação de biomassas e de energia elétrica em hidrogênio”. O evento é presidida pelo coordenador do Laboratório de Hidrogênio (LabH2) da Coppe/UFRJ e presidente da Associação Brasileira de Hidrogênio (ABH2), professor Paulo Emílio de Miranda. Para ele, o consumo de hidrogênio pela sociedade vai aumentar exponencialmente. "O hidrogênio já é utilizado em larga escala, hoje, em indústrias como a química, a metal-mecânica, a alimentícia, a de petróleo. Entretanto, a produção e o consumo de hidrogênio vão aumentar exponencialmente por causa do uso energético que se fará dele”, adianta Miranda, lembrando que o LabH2, coordenado por ele, já lançou a terceira geração do protótipo do ônibus movido a hidrogênio, que está pronto para ser adotado pelo mercado.
 

Veja também