25/10/2017
SAMARCO

Prorrogada suspensão de contratos

Os funcionários da Samarco aprovaram em assembleias realizadas pelos sindicatos Metabase, de Mariana (MG), e Sindimetal, do Espírito Santo, a prorrogação da suspensão dos contratos de trabalho por mais cinco meses, de 1º de novembro de 2017 a 31 de março de 2018. 
 
Segundo a mineradora, os empregados continuarão em ‘layoff’ e terão seus direitos atuais garantidos. Eles receberão o valor correspondente à sua renda líquida mensal. O atual período de layoff teve início em 1º de junho deste ano. 
As atividades foram interrompidas após o acidente da barragem do Fundão, prestes a completar dois anos, que provocou a morte de 19 pessoas e deixou centenas de desabrigados, além de poluir o Rio Doce - considerado o maior desastre ambiental brasileiro. 
 
Desde então, a Samarco recorre a vários mecanismos legais, tais como licença remunerada, férias coletivas e suspensão dos contratos de trabalho. Atualmente, a Samarco possui aproximadamente 1.800 empregados próprios, dos quais cerca de 800 estão com os contratos suspensos.