Projetos preservam Mata Atlântica

22/06/2021

A Atlantic Nickel desenvolve projeto na Mata Atlântica que já ajudou na preservação de 750 mil hectares do bioma no entorno da Mina Santa Rita, em Itagibá (BA). O projeto, mantido desde o início da implantação da empresa, já ultrapassou a marca de 81 hectares de área verde recuperados e é fundamental também para a manutenção do habitat de centenas de animais, alguns deles em processo de extinção. 

Em 2020, a companhia inaugurou um viveiro com capacidade para produzir 30 mil mudas anuais, destinadas à recuperação de áreas e programas de educação ambiental com a comunidade. O espaço concentra a produção de espécies nativas da Mata Atlântica, como Pau Brasil, Jacarandá da Bahia, Pau Ferro, Ingá de Metro, Copaíba, plantadas dentro da Área de Preservação Permanente e da Área de Reserva Legal da unidade operacional. O viveiro opera com um sistema automático de irrigação, a fim de garantir um menor consumo de água. Ao todo, a Atlantic Nickel já alcançou a marca de 56 mil mudas plantadas desde a inauguração do viveiro. 

A Atlantic Nickel está localizada em uma área da Mata Atlântica onde são encontradas espécies arbóreas de alto valor ecológico. Os trabalhos desenvolvidos no bioma colaboram diretamente para a proteção da fauna da Mata Atlântica, que abriga diversas espécies como a preguiça-de-coleira, o quati e o caititu. A Atlantic Nickel protege os animais silvestres da região por meio do Programa de Monitoramento e Resgate de Fauna, que atua no monitoramento dos bichinhos dentro da área da empresa, mas que muitas vezes é também acionado pela população para ajudar alguns animais achados nos arredores. ”Nos preocupamos e atuamos para que nossas ações sejam percebidas de forma positiva na sociedade, e este objetivo está suportado por nosso propósito de fazer uma mineração segura, responsável e inteligente", destaca Sérgio Souza, gerente de Saúde, Segurança e Meio Ambiente.