08/02/2019
CETEM

Projetos de desaguamento de rejeitos

O Centro de Tecnologia Mineral (CETEM) informa que desenvolve projetos em áreas estratégicas de seu Plano Diretor 2017-2021 com foco em “Água, energia e resíduos”, e abriga projetos sobre desaguamento mais eficiente de rejeitos da mineração. 
 
A área responsável pelos projetos é o Laboratório de Separação Sólido-Líquido do CETEM - com parceria de instituições como UFRJ e PUC-Rio – e tem como objetivo a produção de rejeitos pastosos, avaliação reológica de rejeitos  desaguados para disposição a seco e filtragem de rejeitos para empilhamento. Parte dessas atividades são desenvolvidas no âmbito do projeto "Estudo de melhorias operacionais no desaguamento de rejeitos da mineração para disposição na forma de pastas minerais e aumento do reuso de água de processo", coordenado pela pesquisadora Silvia França, da Coordenação de Processos Minerais/CETEM, e com apoio financeiro do CNPq/Edital CT Universal 2016.
 
Para reduzir a quantidade de água contida nos rejeitos minerais são necessárias melhorias no processo de agregação de partículas (uso de polímeros mais eficientes), modificações estruturais e operacionais nos equipamentos de desaguamento, além da avaliação reológica/estabilidade dos rejeitos desaguados. Segundo o CETEM, a produção de rejeitos adensados, pastosos e em forma de tortas (filtragem) permite o uso de métodos de disposição a seco, alternativos às barragens de rejeito convencionais. Outro ponto positivo é a possibilidade de recuperação de grandes volumes de água de processo, para reuso na usina de beneficiamento.

Veja também