11/05/2017
ANGLOGOLD ASHANTI

Projeto MudaMundo chega a Minas Gerais

Com iniciativa do Ministério da Cultura, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, e apoio das secretarias municipais de educação e da AngloGold Ashanti, os alunos das escolas da Rede Pública de Caeté, Sabará, Raposos, Nova Lima, Santa Bárbara e Barão de Cocais receberão pela primeira vez o projeto MudaMundo. Com origem no Rio Grande do Sul em 2006, o projeto já percorreu 102 cidades em vários estados brasileiros, atingindo mais de 63 mil crianças e mais de 10 mil educadores, além de 4.251 escolas municipais e estaduais envolvidas. Mais de 259 mil exemplares do livro MudaMundo já foram doados para bibliotecas de escolas públicas. 
 
A iniciativa visa contribuir para a transformação social dos alunos e professores. O principal objetivo do MudaMundo é disseminar conceitos para a formação de cidadãos comprometidos com suas comunidades. Por meio das histórias vividas pelo personagem João, um garoto muito esperto, sempre pronto a auxiliar os outros e incomodado com as injustiças, são transmitidos valores de respeito ao próximo, de cuidados com o meio ambiente e com as cidades onde vivemos. João deseja mudar o mundo, tornando-o mais solidário, a partir de pequenas ações. “O projeto é destinado a professores e alunos das séries iniciais do Ensino Fundamental de escolas públicas, colaborando tanto para a educação quanto para a formação de uma cultura de cuidado e com o resgate de valores”, afirma Cristiane Ostermann, diretora da Signi, empresa idealizadora do MudaMundo.
 
As cidades contempladas receberão 22 apresentações teatrais gratuitas, encenadas pelo grupo mineiro Real Fantasia e outras 11 oficinas de sensibilização para professores. O evento acontece entre os dias 8 e 19 de maio nos seis municípios de atuação da AngloGold Ashanti: Sabará, Nova Lima, Raposos, Caeté, Santa Bárbara, Barão de Cocais; em Minas Gerais, e Crixás, em Goiás.
 
“O Projeto MudaMundo valoriza temas como a cidadania, o cuidado com o meio ambiente e a atuação em comunidade, estando plenamente alinhado aos valores da empresa. Para nós, é uma honra poder contribuir para a sua realização em nossas comunidades vizinhas”, afirma Othon Maia, gerente de Comunicação e Comunidades.
Os professores e escolas receberão kits compostos por seis livros infantis com as histórias do menino João, além de um caderno com sugestões de atividades para desenvolver em sala de aula. No total serão doados às bibliotecas das escolas 23.200 livros, nos seis munícipios mineiros. As histórias foram escritas pelo autor gaúcho Caio Riter e ilustradas pela artista plástica Laura Castilhos.