20/02/2019
KINROSS

Produção em Paracatu aumenta 45%

A produção de ouro equivalente da Kinross Gold Corporation atingiu 2,45 milhões de onças em 2018, quando a expectativa era de 2,5 milhões de onças. Para 2019, a companhia estima uma produção na casa de 2,5 milhões de onças. A produção no 4º trimestre foi de 610.452 onças. 
 
O presidente e CEO J. Paul Rollinson comentou que a companhia cumpriu seus compromissos pelo sétimo ano consecutivo. “Nosso portfólio de minas produziu resultados sólidos, com desempenhos destacados em Paracatu e Bald Mountain, ambos com produção anual recorde. Após a conclusão bem-sucedida da expansão na primeira fase do projeto Tasiast, a mina atingiu uma produção recorde no 4º trimestre de 2018, com a taxa de transferência e as recuperações excedendo as expectativas. A Kinross também gerou aproximadamente US$ 790 milhões em fluxo de caixa operacional e manteve seu sólido balanço patrimonial, com US$ 1,9 bilhão em liquidez e sem vencimentos de dívidas até 2021”. 
 
A Kinross obteve receita de US$ 786,5 milhões no último trimestre de 2018 e US$ 3,212 bilhões em 2018. O lucro líquido ajustado chegou a US$ 13,5 milhões no 4º trimestre, enquanto somou US$ 128,1 milhões no ano passado.
 
Paracatu teve produção recorde anual devido a maiores recuperações e produtividade, aumentando a produção em 45% ano a ano e reduzindo custos; a Bald Mountain atingiu produção anual recorde e a Tasiast produção trimestral recorde no últimos três meses de 2018, uma vez que o rendimento e as recuperações superam as expectativas.

Veja também

28/02/2019
EQUINOX GOLD | Mubadala investe US$ 130 milhões
14/02/2019
REFLORESTAMENTO | Kinross amplia doação de mudas
23/01/2019
LEAGOLD | Meta de 420 mil onças em 2019
17/01/2019
OURO | Yamana tem bom desempenho