17/01/2019
COBRE

Produção da Ero Copper cresce 51%

A Ero Copper Corp. produziu 30.426 toneladas de cobre em 2018, um aumento de 51% quando comparado às 20.133 toneladas produzidas no ano anterior. A produção de 2018 também excedeu o guidance original em 15%. 
No 4º trimestre a produção de cobre atingiu 12.104 toneladas, um crescimento de 55% na produção trimestral. Já a produção total de ouro e prata somou 39.808 onças e 24.573 onças, respectivamente. 
 
Para 2019, a produção anual é estimada entre 36 mil e 38 mil toneladas de cobre. A empresa anunciou também a previsão de desembolsos para 2019. Serão US$ 62 milhões de despesas de capital, mais um adicional de US$ 20 milhões para financiar o programa de exploração anual. O programa é destacado por 130 mil metros de perfuração exploratória planejada, composta por 112.500 metros de perfuração exploratória próxima à mina (incluindo exploração contínua da Zona Leste Vermelhos e Pilar West Limb), além de mais 17.500 metros de perfuração de exploração de greenfields planejada para testar objetivos de exploração regional prioritários identificados durante o levantamento geofísico aéreo da companhia. 
 
“Nossa estratégia para 2018 era assegurar uma base de produção de cobre de longo prazo para as operações no Vale do Curaçá. Com o cronograma de comissionamento da Mina Vermelhos, em agosto, e a consistente produção mês a mês da Mina Pilar, a companhia alcançou essa meta”, disse David Strang, Presidente e CEO da Ero Copper. Em 2019 o executivo comenta que a Ero espera ampliar a produção total de cobre, reduzir ainda mais os custos operacionais e implementar vários projetos de otimização de alto valor iniciados em 2018. “A estimativa para 2019 é de 2 milhões de toneladas, estamos focados em identificar oportunidades para continuar a aumentar a produção da fábrica este ano em cada operação de mineração”.
 
Os programas de exploração estão focados em prolongar a vida útil da mina e aumentar a produtividade da fábrica. A companhia vai se basear nos sucessos de 2018 com as descobertas do West Limb em Pilar e na East Zone em Vermelhos, trazendo cada descoberta para reservas minerais através de agressivas perfurações. A Ero Copper avalia também novas metas regionais geradas a partir da pesquisa geofísica aérea de 2018, que permitirá continuar a aumentar a pegada operacional no Vale do Curaçá.