29/03/2018
AÇO

Produção cresce 3,3% no bimestre

Segundo números do Instituto Aço Brasil (IABr), a produção brasileira de aço bruto atingiu 5,6 milhões de toneladas no primeiro bimestre de 2018, um avanço de 3,3% em comparação com o mesmo período de 2017. Já a produção de laminados somou 3,7 milhões de toneladas no mesmo período, o que corresponde a um crescimento de 6,8% sobre os mesmos meses de 2017. A produção de semiacabados para vendas totalizou 1,5 milhão de toneladas, 3,7% superior no comparativo com o mesmo período de 2017.  

No primeiro bimestre de 2018, as vendas internas acumularam 2,8 milhões de toneladas, incremento de 14,3% em relação ao mesmo período de 2017. O consumo aparente nacional de produtos siderúrgicos foi de 3,2 milhões de toneladas no primeiro bimestre de 2018, um aumento de 12,6% quando comparado ao primeiro bimestre do ano passado.

As importações cresceram 1,4% em volume no acumulado de janeiro e fevereiro de 2018, comparativamente ao mesmo período do ano anterior, totalizando 375 mil toneladas, correspondendo a valor de US$ 422 milhões, uma alta de 37,9% para o mesmo período de comparação.As exportações atingiram 2,4 milhões de toneladas e valor de US$ 1,4 bilhão nos dois primeiros meses de 2018, queda de 2,1% em volume e crescimento de 25,0% em valor na comparação com o 1º bimestre de 2017.

Apenas em fevereiro, a produção brasileira de aço bruto alcançou 2,7 milhões de toneladas, um crescimento de 5,5% frente ao mesmo mês de 2017, enquanto que os laminados somaram 1,8 milhão de toneladas, avanço de 7,5% em comparação a fevereiro de 2017. A produção de semiacabados para vendas foi de 698 mil toneladas, um aumento de 2,2% em relação ao mesmo mês de 2017.

O consumo aparente, em fevereiro de 2018, registrou 1,6 milhão de toneladas, 12,4% a mais que no mesmo período de 2017. As vendas internas cresceram 14,3% contra fevereiro de 2017, registrando o volume de 1,4 milhão de toneladas.As importações de fevereiro de 2018 caíram 1,9% em volume e cresceram 36,1% em valor em relação ao mesmo período de 2017, registrando, respectivamente, 158 mil toneladas e US$ 181 milhões. As exportações com 1,0 milhão de toneladas e US$ 604 milhões, caíram 11,8% em volume e cresceram 8,6% em valor, contra o mesmo mês de 2017.

Produção mundial cresce 3,5%

A Associação Mundial do Aço (WSA) divulgou que a produção mundial de aço bruto somou 131,8 milhões de toneladas em fevereiro de 2018, 3,5% a mais que o mesmo mês do último ano. A produção chinesa alcançou 64,9 milhões de toneladas, um incremento de 5,9% sobre fevereiro de 2017, enquanto a Índia produziu 8,4 milhões de toneladas, 3,4% superior a fevereiro de 2017. A produção japonesa e sul-coreana somaram 8,3 milhões de toneladas e 5,4 milhões de toneladas em fevereiro de 2018, com quedas de 0,5% e 2,1%, respectivamente.

Nos países da União Europeia, a Itália produziu 2,1 milhões de toneladas, um crescimento de 4,5% na comparação com fevereiro do último ano, enquanto França e Espanha produziram 1,3 milhão e 1,1 milhão de toneladas de aço bruto, altas de 1% e 0,4%, respectivamente na comparação com fevereiro de 2017. A produção na Turquia cresceu 8,7% em fevereiro, para 3 milhões de toneladas de aço bruto.

A produção norte-americana somou 6,4 milhões de toneladas no mês, incremento de 0,4. Já a produção brasileira aumentou 5,5%, para 2,7 milhões de toneladas em fevereiro de 2018. A taxa de capacidade de utilização ficou em 73,3% em fevereiro, um aumento de 1,8% sobre fevereiro de 2017. Quando comparado a janeiro de 2018, o crescimento foi de 0,5%.