25/10/2017
ANGLO AMERICAN

Produção cai 6% no Minas-Rio

A Anglo American registrou aumento de 6% na produção total do terceiro trimestre de 2017 em base equivalente de cobre, em comparação com o mesmo período em 2016. “Nós entregamos outro forte desempenho de produção em todos os nossos negócios. A produção de Grosvenor tem crescido substancialmente à medida que os novos procedimentos operacionais vêm sendo implementados, enquanto Gahcho Kué e Minas-Rio continuam a gerar contribuições positivas”, afirmou Mark Cutifani, presidente do Grupo Anglo American. 
 
No sistema Minas-Rio o objetivo maior continua sendo a obtenção das licenças para a Etapa 3, documentos fundamentais para que a operação tenha acesso à extensão completa de minério bruto e atinja a produção de 26,5 milhões de toneladas por ano (base úmida). No trimestre, a produção de minério de ferro atingiu 4,2 milhões de toneladas, uma queda de 6% quando comparada com o mesmo trimestre do último ano, resultado de um esperado minério de menor teor. A previsão de produção para o ano permanece inalterada, entre 16 e 18 milhões de toneladas de pellet feed.
 
A produção de níquel em Niquelândia e barro Alto, ambas cidades goianas, manteve-se estável de uma forma geral com os fornos de fundição. A produção foi de 11.200 toneladas no trimestre e a previsão de produção anual está prevista entre 43 e 45 mil toneladas. 

Veja também