29/11/2018
FORUM BRASIL MINERAL

Personalidades do Ano otimistas com o setor

Dando início às comemorações de 35 anos da revista Brasil Mineral, aconteceu ontem (27/11) em São Paulo, no auditório do Pinheiro Neto Advogados, o Fórum Brasil Mineral, que neste ano discutiu "O que a mineração espera do novo Governo" e "Questões legais que mais afetam a mineração na atualidade", seguido da cerimônia de entrega do Prêmio Personalidades do Ano do Setor Mineral de 2018.
 
O primeiro debate reuniu Antônio de Carvalho Neto, diretor Jurídico da Mineração Caraíba, Giuliano Colombo e Adriano Trindade, ambos do Pinheiro Neto Advogados, para discutir os aspectos da "Insolvência de Operações Minerais". Os especialistas ressaltaram que oportunidades de investimentos surgem mesmo após episódios de acidentes – como foi o caso da inundação da mina subterrânea da Caraíba, que levou a companhia a adotar um processo de recuperação judicial e ainda assim despertou o interesse de compra de um Grupo Canadense e que em cenário de estresse é preciso muita atenção para manter a conversa de "forma organizada", além de interação proativa e transparência nas negociações.
 
O "Preço de Tabelamento de Frete" foi o tema abordado por Carlos Vilhena, Leonardo Peres da Rocha e Silva (ambos representando o escritório Pinheiro Neto Advogados) e Gianfranco Cinelli, diretor Jurídico para o Brasil e América Latina da Yara. Os advogados lembraram os transtornos causados no País durante a greve dos caminhoneiros ocorrida no primeiro semestre do ano e que o tabelamento do preço de frete foi uma medida "contra a livre concorrência".
 
O tema "O que a mineração espera do novo Governo", foi debatido em duas mesas-redondas. A primeira reuniu Manoel Valério de Brito, Co-CEO e COO da Mineração Caraíba, Lúcia Travassos Costa, chefe do DEGEO da CPRM, Wandereley Lins, diretor de Mineração da Ferbasa, Onildo João Marini, ex-diretor da Adimb, Luis Maurício Azevedo, presidente da ABPM e Antenor Firmino da Silva Júnior, conselheiro da revista Brasil Mineral. Na segunda participaram: César Augusto Torresini, vice-presidente de Operações da Mineração Aurizona-Equinox Gold; Maria de Lourdes Bahia, general manager da SNC-Lavalin Brasil; Gustavo Rosa Lanna, diretor da Martins Lanna; Ruben Fernandes, presidente da Anglo American Brasil; Maria José Gazzi Salum, secretária de Geologia, Mineração e Transformação Mineral do MME; e Paulo Henrique Soares, diretor de Comunicação do Ibram. Em suma, todos se mostraram esperançosos quanto ao novo momento da mineração no Brasil após a atualização do Código de Mineração, que deve principalmente facilitar a entrada de acionistas estrangeiros com a tão clamada "garantia jurídica", mas reforçaram a falta de uma estrutura forte de sondagem e pesquisa mineral que permita ao setor a necessária visão de longo prazo. 
 
Os eleitos em 2018
 
Através de processo de votação direta que contou com a participação dos leitores da revista Brasil Mineral, os profissionais escolhidos este ano foram: Ruben Fernandes, presidente da Anglo American Brasil (categoria Minerais Não-Ferrosos); Manoel Valério de Brito, Co-CEO e COO da Mineração Caraíba (categoria Minerais Não-Ferrosos); César Augusto Torresini, vice-presidente de Operações da Mineração Aurizona (categoria Metais Preciosos); Marcos Stelzer, diretor-presidente da CMOC Brasil (categoria Fertilizantes e Minerais Industriais), Gustavo Rosa Lanna, diretor da Martins Lanna (categoria Agregados/Minerais para Construção); Lúcia Travassos Costa, chefe do DEGEO da CPRM (categoria Exploração Mineral); Maria de Lourdes Bahia, general manager da SNC-Lavalin Brasil (Engenharia/Tecnologia Mineral); José C. Carvalho (in memoriam), fundador da Ferbasa (categoria Pioneiros da Mineração).
 
Na categoria Homenagem Especial, concedida pelo Conselho Consultivo da Brasil Mineral, o escolhido foi o geólogo Onildo João Marini, pelos relevantes serviços prestados à mineração brasileira.
 
"Pela primeira vez em sua história, o troféu Personalidades do Ano do Setor Mineral foi concedido a duas mulheres, marcando a diversidade de gêneros, numa atividade onde os homens predominam", destacou Francisco Alves, diretor editorial da publicação.
 
O Fórum Brasil Mineral de 2018 contou com o patrocínio Master da Mineração Buritirama e patrocínio Ouro das empresas Metso e Tracbel, além do apoio do Pinheiro Neto Advogados. O vídeo sobre os debates e a premiação pode ser visto em youtu.be@sf79oAA1RvY

Veja também

11/07/2019
MINERAÇÃO E COMUNIDADES | O impacto da paralisação de empreendimentos
04/07/2019
MINERAÇÃO & COMUNIDADES | Como a mineração está tratando dos ODS?
19/06/2019
EMPRESAS DO ANO | Resiliência marca festa de premiação
12/06/2019
EMPRESAS DO ANO | Investimentos em 2019 somam quase R$ 6 bi
25/04/2019
MINERAÇÃO E COMUNIDADES | O desafio de construir novas relações
10/04/2019
SETOR MINERAL | Leitores elegem as Empresas do Ano