07/03/2018
METAIS BASE

Para CRU, mercado se manterá aquecido

O cenário de preços melhores para algumas commodities minerais deverá se manter nos próximos anos, nas previsões de Paul Robinson, analista chefe da CRU, em apresentação no PDAC 2018. Os minerais para os quais o mercado deve se manter aquecido, em termos de preços, segundo ele, são ouro, cobre, zinco e cobalto. A demanda por cobre deverá crescer 3,1% em 2018, a de zinco 1,8% e a de cobalto 10,0%. Outro metal para o qual se prevê bom crescimento de demanda, da ordem de 7,3%, será o níquel.

Robinson disse ainda que, com a melhora de preços, o fluxo de caixa das mineradoras aumentou e com isto os investimentos estão voltando, fazendo com que haja aumento da oferta de cobre (2,9%), zinco (2,6%), níquel (9,6%) e cobalto (14%). Mesmo assim, haverá déficit no suprimento de zinco, níquel, cobre e cobalto metálico.

Ele também fez previsões específicas para o minério de ferro, estimando que haverá um aumento de preços para o minério prêmio, com alto teor e baixos níveis de contaminantes.