02/08/2018
BARCARENA

Novo estudo do IEC aponta contaminação

Na segunda quinzena de julho, o Instituto Evandro Chaves (IEC) divulgou novo parecer técnico onde aponta que os metais tóxicos encontrados em Barcarena são originários do município de Paragominas, onde a Norsk Hydro possui outra unidade. Em Paragominas a empresa realiza extração de bauxita, transportada em forma de alumina por meio de um mineroduto de 244 km de extensão que atravessa sete cidades do Pará.

Em nota, a Norsk Hydro confirma a existência do mineroduto e que o mesmo é vedado em toda a sua extensão. A empresa afirma ainda que monitora o duto 24 horas por dia, além de realizar todas as manutenções preventivas.

A Norsk Hydro afirma que o conteúdo do documento não é de seu total conhecimento. Em relatório anterior, divulgado em março, o IEC confirmou que operações irregulares da empresa contaminaram o Rio Pará.