13/01/2016
PARANAPANEMA

Modernização da planta de sulfúrico na Bahia

A Paranapanema investiu R$ 65 milhões na modernização da Unidade de Ácido Sulfúrico (UAS) de sua planta localizada em Dias D’Ávila, na Bahia. O ácido sulfúrico é parte importante do processo produtivo da empresa, pois garante que o gás gerado no forno durante a fundição do processado de cobre (dióxido de enxofre) seja tratado e convertido em ácido sulfúrico e ar limpo, evitando assim a emissão de gases na atmosfera.

Com a modernização, a Paranapanema espera que a UAS consiga tratar gases mais complexos disponíveis atualmente no mercado, com mais material particulado. Segundo a empresa, uma das principais mudanças  foi a troca de equipamentos de limpeza de gases, processo de purificação onde o material particulado é retirado do gás gerado pela fundição do concentrado de cobre. A reforma em Dias D’ávila contou ainda com a instalação de dois trocadores térmicos, adicionais aos quatro já existentes, destinados ao processo de resfriamento do reator - equipamento onde acontece a transformação química do dióxido de enxofre (SO2) em trióxido de enxofre (SO3) - e a substituição de uma das três torres de absorção, que fazem a etapa final de transformação do SO3 em ácido sulfúrico a 98%.

Para receber todos os novos equipamentos com tecnologia de ponta, a empresa realizou uma série de adaptações na unidade, como a instalação de uma nova subestação de energia para alimentação dos trocadores térmicos e a mudança do sistema de operação. Os procedimentos foram finalizados em outubro e não interferiram no funcionamento dos demais equipamentos. Durante a interligação da nova estrutura às demais instalações da UAS, a Companhia importou ácido sulfúrico para atender à demanda regular de seus clientes.A planta baiana da Paranapanema produz cerca de 40 mil toneladas mensais de ácido sulfúrico, que é comercializado.