24/03/2018
BARRAGENS DE REJEITOS

Minérios Nacional esclarece notícia

A Minérios Nacional esclarece que a Namisa não mais existe e que a mina de Fernandinho, localizada em Rio Acima (MG), não está interditada. A empresa também informa que está seguindo “todo o planejamento para as barragens B2 e B2 Auxiliar”, além de ter iniciado, em março, as obras de adequação das estruturas.  

“O planejamento da obra está protocolado nos órgãos fiscalizadores (ANM, DNPM e FEAM) e prevê a remoção das  barragens ao término das intervenções. É importante ressaltar que a Minérios Nacional nunca usou as barragens citadas para dispor rejeitos. Sobre os treinamentos para situações de emergência, já foram feitos com os colaboradores diretos e terceiros da empresa. O próximo passo é realizar o treinamento com o público externo e o processo para que isso ocorra já está em andamento”, informa a Minérios Nacional.

A empresa informa, ainda, que “possui sistematizadas ações emergenciais, caso necessárias, com dispositivos de comunicação, incluindo sonoros, como a sirene instalada em área próxima à barragem”. E que está comprometida com o cumprimento das determinações feitas pelos órgãos fiscalizadores e autoridades para demonstrar “a segurança de suas estruturas e manter as operações de forma controlada, responsável e transparente, prezando pelo bem-estar de todos os públicos envolvidos”.

 

Veja também