29/03/2017
VALE

Mercado recebe bem indicação de Schvartsman

Repercutiu positivamente no mercado a notícia de que Fabio Schvartsman foi o nome escolhido para assumir a presidência da Vale a partir de 26 de maio próximo, em substituição a Murilo Ferreira. 
 
No dia do anúncio as ações da Vale tiveram alta na BM&F Bovespa, apesar de uma redução de 4,1% no preço do minério de ferro na China e dirigentes do setor mineral consideraram positiva a indicação, porque se trata de um executivo do mercado, o que seria um indicativo de que “não houve ingerência política na escolha”, embora o colunista Lauro Jardim tenha publicado em sua coluna que a escolha do nome foi “uma triangulação da qual participaram os acionistas (Bradesco à frente), Michel Temer e Aécio Neves”. Ele disse também que “quando oficialmente a Vale contratou a Spencer Stuart para encontrar o nome do sucessor de Ferreira, foram agregados pela empresa duas dezenas de nomes aos de Schvartsman”. 
 
Fábio Schvartsman atualmente ocupa o cargo de diretor-geral da Klabin, uma das empresas líderes no mercado brasileiro de papel e celulose. 
 
O executivo, de 63 anos, é graduado em Engenharia de Produção pela Poli/USP e pós-graduado em Administração de Empresas pela Fundação Getúlio Vargas. Anteriormente foi presidente da San Antonio Internacional e da Telemar Participações S.A. Atuou também no grupo Ultra, tendo ocupado os cargos de CFO, sócio-diretor, diretor de Relações com Investidores, diretor de Planejamento e Controle e superintendente de Planejamento.