08/03/2018
PDAC 2018

Marcando a retomada da confiança do setor

Um total de 25.606 empresários, profissionais, representantes de governos e de comunidades ligados ao setor de exploração mineral em 125 países compareceu ao PDAC 2018, convenção da Prospectors and Developers Association of Canada, que se realizou na cidade de Toronto, de 4 a 7 de março, ratificando o status de maior evento do setor no mundo. 
 
"Depois de experimentar vários anos de desafios econômicos, hoje a indústria de mineração está experimentando um renascimento e um renovado senso de confiança”, afirmou o presidente da PDAC, Glenn Mullan. 
 
Ele mencionou como um dos destaques a parceria do PDAC com o  Fórum Econômico Mundial, na organização da Cúpula dos Ministros Internacionais das Minas (IMMS), pelo terceiro ano, reunindo 26 Ministros responsáveis ​​pela mineração de todo o mundo - a maior participação até o momento. A cúpula deste ano centrou-se nas várias maneiras pelas quais a confiança pode ser promovida para aumentar e ampliar as contribuições que o setor de mineração tem sobre a prosperidade e o desenvolvimento das nações.
 
Os Povos Aborígenes, Mercados de Capitais, a série de eventos sobre Responsabilidade Social Corporativa, bem como o programa técnico e aquele destinado aos estudantes , além dos cursos e apresentações, foram mais uma vez um sucesso, segundo o dirigente. 
 
"No Canadá e em todo o mundo, a PDAC é reconhecida como líder na promoção de uma comunidade de exploração mineral e mineração responsável e sustentável", acrescenta Mullan. "Na PDAC, estamos orgulhosos de ser um catalisador de crescimento para o setor através da construção de fortes relações de trabalho, tanto no país como no exterior. A Convenção PDAC é o local para criar conexões duradouras e desenvolver estratégias para melhorar as contribuições positivas de nosso setor em todo o mundo ".
 
Participação brasileira
 
Como em outros anos, o Brasil participou ativamente do PDAC 2018, com várias atividades capitaneadas pela Adimb (Agência para o Desenvolvimento Tecnológico da Indústria Mineral Brasileira). Além do Pavilhão Brasil, que abrigou várias empresas e as principais instituições ligadas ao setor de mineração no Brasil, aconteceu o Brazilian Breakfast (iniciativa conjunta com a Câmara de Comércio Brasil-Canadá em Toronto), o Brazilian Mining Day e a Brazilian Reception. Os eventos brasileiros contaram com a participação do ministro Diogo de Oliveira, do Planejamento, que representou o governo brasileiro e mostrou os principais números da macroeconomia do País. A iniciativa privada participou através de apresentações feitas por executivos de empresas com projetos de mineração no País e representantes de universidades e do Serviço Geológico do Brasil que abordaram as potencialidades da geologia brasileira para novas descobertas de depósitos minerais.
 
Brasil Mineral também participou do evento com uma edição especial em inglês destacando o desempenho da economia mineral brasileira no período recente e as perspectivas em função das mudanças na política mineral e da retomada de crescimento da produção.