13/03/2019
CIMENTO

InterCement adere ao GCCA

A InterCement anunciou adesão ao Global Cement and Concrete Association (GCCA), a principal associação mundial do setor de cimento e concreto do mundo e responsável por 30% da capacidade de produção do setor. O objetivo é promover cada vez mais a sustentabilidade em nível global e estabelecer diretrizes de monitoramento e relatórios para as suas atividades na indústria cimenteira.
 
A adesão é voluntária e as empresas que participam do GCCA assumem compromissos públicos com a sustentabilidade e meio ambiente, além de contar com os principais indicadores de segurança, emissão de CO2, água, energia, produção, entre outros. Recentemente a entidade publicou suas primeiras seis diretrizes de sustentabilidade e a Carta de Sustentabilidade da GCCA. As novas diretrizes - disponíveis no site http://www.gccassociation.org/ - incluem resultados simples, confiáveis e representativos que todos os membros, como é o caso da InterCement, devem monitorar e relatar o desempenho.
 
"A adesão é uma oportunidade para contribuirmos para o futuro da atividade do setor, com a participação em grupos de trabalho focados em discutir desafios para o aprimoramento contínuo de práticas e processos. Além de termos a missão de compartilhar a expertise da InterCement, garantir que as posições da empresa sejam consideradas nas tomadas de decisão e definições e, claro, trazer para o dia a dia operacional os novos aprendizados", afirma o representante da InterCement no Working Group do GCCA sobre Melhores Práticas em cimento, Alexandre Citvaras. O executivo atua como diretor de Desenvolvimento Ambiental e Energia na InterCement e conseguirá contribuir diretamente com o propósito do GCCA e melhorias continuas no setor. 
 
Ao todo, a InterCement participará dos grupos Saúde e Segurança na indústria de cimento e concreto; Futuro da construção e o papel do concreto; Sustentabilidade do concreto; Diretrizes do concreto; Inovação em cimento; Melhores Práticas em cimento e Comunicação e Advocacy.
 
A InterCement tem investido em coprocessamento nos últimos anos. A companhia busca adaptar a matriz energética para que as operações utilizem a fonte energética com maior disponibilidade e, consequentemente, menor custo. Com isto a companhia obtém ganho na produtividade ambiental e diminuição da emissão de carbono das fábricas, além de destinar corretamente o descarte de resíduos e reaproveitamento na fabricação do cimento para não agredir o meio ambiente. 

Veja também

14/02/2019
VOTORANTIM CIMENTOS | Inscrições para Programa Líder
20/12/2018
RECICLAGEM DE METAIS | Umicore investe em duas fábricas
06/12/2018
RESPONSABILIDADE SOCIAL | VCimentos novamente premiada
06/12/2018
VOTORANTIM CIMENTOS | Indicado novo CEO Global
29/11/2018
REJEITOS DE MINERAÇÃO | Seminário discute reaproveitamento
23/11/2018
CIMENTO | Vendas caem 2,2% até setembro
14/11/2018
VOTORANTIM CIMENTOS | Patrimônio geológico em Pernambuco