07/06/2017
MINERAÇÃO

Goiás ganha Centro Tecnológico em Catalão

O Governo de Goiás vai doar área de 15 mil metros quadrados à Universidade Federal de Goiás (UFG) pra a construção de um Centro de Desenvolvimento de Tecnologia em Mineração (CDTM) no município de Catalão. O projeto é uma parceria do governo estadual, por meio da Secretaria de Desenvolvimento (SED), UFG, Fapeg, Rede Itego e a indústria Cmoc Brasil. 
 
O CTDM tem como objetivo apoiar o desenvolvimento tecnológico, a inovação e a sustentabilidade da produção mineral em Goiás. “Com este centro prospectamos um maior desenvolvimento do setor mineral, por meio de pesquisas poderemos agregar mais valor aos recursos minerais”, avalia Mauro Fayad, superintendente Executivo de Ciência e Tecnologia da SED.
 
Segundo Tasso Mendonça, superintendente de Mineração da SED, a UFG de Catalão oferece o único curso de Engenharia de Minas em Goiás, mas não possui uma unidade de pesquisa. Desta forma, o CTDM atenderá à formação acadêmica e profissional, ao desenvolvimento de pesquisa e à prestação de serviços para o setor industrial.
 
Além da doação da área, o Governo de Goiás disponibilizará equipamentos para o Centro Tecnológico. A edificação será realizada pela empresa de mineração Cmoc Brasil, enquanto a UFG será responsável pela gestão do centro. As pesquisas serão realizadas em parceria com o Itego e Fapeg. 

Veja também

28/09/2017
SOMAR | Estudos técnicos na internet
28/09/2017
LEGISLAÇÃO MINERAL | Revisão do Código defendida em audiência
07/08/2017
PRODUÇÃO MINERAL | Sete grupos respondem por 76% do valor
02/08/2017
VOTORANTIM CIMENTOS | Inscrições para projetos na Indústria 4.0
02/08/2017
RESÍDUOS DA MINERAÇÃO | Setor mineral conhece soluções da Embrapii
26/07/2017
ROYALTIES DA MINERAÇÃO | Para o Ibram, mudanças penalizam o setor
26/07/2017
POLÍTICA MINERAL | Governo lança medidas para estimular o setor