29/12/2016
BARITA

Fibra assina contrato para jazida da CBPM

A empresa Fibra Participações e Empreendimentos Ltda. assinou um Contrato de Pesquisa Complementar e Promessa de Arrendamento de Direitos Minerários com a Companhia Baiana de Pesquisa Mineral para uma área localizada no município de Contendas do Sincorá, onde existe uma jazida de barita.

De acordo com a CBPM, o depósito foi descoberto na década de 1980, tendo sido dimensionados recursos de cerca de 200 mil toneladas com a execução de 460 metros de sondagem. A companhia estadual informa que “o corpo mineral é constituído de filões dispostos em 800 metros de comprimento, de cor branca, com cristais finos e às vezes grosseiros. A composição tem um teor médio de sulfato de bário de 72,34%.”

A escolha da Fibra Participações foi feita através de licitação pública realizada em novembro de 2016 e o contrato abrange a reavaliação das reservas, caracterização tecnológica e uso industrial, estudos de viabilidade e aproveitamento econômico e, posteriormente, implantação e operação da mina para lavra da jazida e de uma unidade industrial, no território baiano, para produção de barita beneficiada.

Conforme as cláusulas contratuais, os direitos minerários da CBPM serão preservados e a Fibra se compromete a investir no mínimo R$ 100 mil em pesquisa complementar, bem como efetuar o pagamento do prêmio de oportunidade no valor de R$ 100 mil, a título de ressarcimento pelos trabalhos executados. Após as pesquisas, a Fibra estará em condições de assinar o contrato de arrendamento, devendo pagar 5% de royalties sobre o valor bruto das vendas do minério extraído da jazida.

Veja também

02/08/2017
VOTORANTIM CIMENTOS | Inscrições para projetos na Indústria 4.0
02/08/2017
RESÍDUOS DA MINERAÇÃO | Setor mineral conhece soluções da Embrapii
16/06/2017
PESQUISA MINERAL | Encontro sobre Áreas em Disponibilidade
07/06/2017
ANÁLISES MINERAIS | CPRM inaugura LAMIN em Caeté