25/10/2017
BENS DE CAPITAL

Faturamento cai 5,7% até setembro

A Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq) divulgou receita líquida total de R$ 5,8 bilhões em setembro de 2017, queda de 5,7% sobre o mesmo mês de 2016. A receita líquida interna foi de R$ 3,2 bilhões e o consumo aparente de R$ 7,4 bilhões em setembro, o que significa recuos de 20,4% e 6,3% na comparação com o mesmo mês do último ano. 
 
As exportações somaram US$ 812,9 milhões, enquanto as importações atingiram US$ 1,17 bilhão no mês, aumentos de 32,9% e 16,8%, respectivamente. Com nisto, o déficit do setor é de US$ 358,5 mil em setembro, 8,3% inferior ao mesmo mês de 2016. 
 
O número de empregos somou 291,112 em setembro, com recuo de 3,5% na comparação com set/2016. O NUCI-Nível de utilização da capacidade instalada apresentou crescimento em setembro e chegou a 73,5%. 
 
No acumulado até setembro, a receita líquida total alcançou R$ 50 bilhões, 4,5% a menos que no mesmo período de 2016, enquanto a receita líquida interna e o consumo aparente somaram R$ 29,4 bilhões e R$ 63,9 bilhões até setembro, quedas de 3,6% e 21,8%, respectivamente.
 
Exportações e importações alcançaram US$ 6,45 bilhões e US$ 9,48 bilhões, alta de 9,4% e recuo de 21,9%, o que gerou um déficit de US$ 3 bilhões até setembro, 51,5% inferior ao registrado entre janeiro e setembro de 2016. 
 

Veja também

09/11/2017
TECNOLOGIAS | ABB Ability marca 105 anos de Brasil
09/11/2017
ATLAS COPCO | Parceria em tecnologias digitais
01/11/2017
EQUIPAMENTOS | Metso adquire australiana WEARX
11/10/2017
THYSSENKRUPP | Novo CEO para América do Sul
05/10/2017
CAMINHÕES AUTÔNOMOS | Caterpillar aumentará frota na Fortescue
18/09/2017
TECNOLOGIA | A mina totalmente conectada
13/09/2017
EQUIPAMENTOS | Marubeni é distribuidora Hitachi