05/04/2018
OURO

Equinox Gold fecha 2017 com duas aquisições

“O ano fiscal de 2017 foi um ano de mudanças significativas e crescimento para a empresa. Concluímos duas importantes transações, adquirindo a Mina de ouro Aurizona, no Brasil, por meio da fusão com a Luna Gold, em março, para adicionarmos à mina de ouro Castle Mountain na Califórnia”, disse Christian Milau, CEO diretor da Equinox Gold.

O CEO comentou que os próximos doze meses serão igualmente transformadores, à medida que a Equinox avançar na construção e produção do projeto Aurizona. A expectativa é produzir, em média, 136 mil onças de ouro. “Também vamos completar um estudo de pré-viabilidade na Castle Mountain em meados de 2018 com o objetivo de projetar uma mina robusta e de longa vida capaz de produzir aproximadamente 200 mil onças de ouro por ano”.

A partir de 4 de abril, a Equinox anuncia Susan Toews como Conselheira Geral da companhia. A executiva trabalhou anteriormente na New Gold Inc por cerca de dez anos, como Vice-Presidente Jurídico, Secretaria Corporativa e como consultora de apoio a projetos. Susan é Bacharel em Artes (honras) pela Universidade de Victoria, Bacharel em Direito pela Universidade de Saskatchewan e membro da Law Society da Colúmbia Britânica desde 1994.

De acordo com o plano de opção de ações da Companhia, a Equinox Gold concedeu opções de ações de incentivo a conselheiros que são exercíveis e podem ser emitidas para até 349.760 ações ordinárias da companhia. O estoque das opções são exercíveis em C$ 1,12 por ação com prazo de cinco anos.

Veja também

29/11/2018
JUPITER GOLD | Resultados positivos em Paracatu
01/11/2018
EQUINOX GOLD | Concluída aquisição da Mesquite Gold
01/11/2018
GARIMPO | Aripuanã, a nova Serra Pelada?
25/10/2018
AURA MINERALS | Suspensão de operação em Honduras
11/10/2018
METAIS PRECIOSOS | Cetem oferece curso de refino